Qualcomm para a Apple: “Quer um modem 5G? É só me ligar!”

Apple e Qualcomm estão se digladiando em diversos tribunais espalhados pelo globo. Mas sabe aquela máxima “ruim com ela, pior sem ela”? Pois é, parece que o ditado vale para as duas.

Cristiano Amon, presidente da Qualcomm

Cristiano Amon, presidente da Qualcomm

Do lado da Apple, há diversos relatos de que a parceria com a Intel não está indo nada bem por conta das dificuldades da fabricante de chips de conseguir criar um modem 5G de respeito; já do lado da Qualcomm… bom, ninguém quer perder um cliente do tamanho da Apple — ainda mais um contrato com uma expressividade tão grande.

Sabendo dessa sinuca de bico em que a Maçã se encontra, Cristiano Amon (presidente da Qualcomm) disse ontem (4/4, quinta-feira) que sua empresa ficaria feliz em considerar a possibilidade de trabalhar com a Apple em seus planos envolvendo a tecnologia 5G se as dificuldades relatadas para levar um produto ao mercado continuarem, como informou o Axios.

Eis a fala do executivo: “Ainda estamos em San Diego, eles têm nosso número de telefone. Se eles ligarem, nós iremos apoiá-los.” Amon disse ainda que, apesar de não poder comentar o que a Apple está fazendo, “quanto mais tempo uma empresa espera para lançar um produto 5G, maior será o desafio para eles enfrentarem”.

Por mais que a Apple esteja trabalhando para desenvolver internamente o seu próprio modem, ele provavelmente só ficará pronto — se tudo der muito certo — em 2021. Até lá, a Qualcomm sabe que poderá lucrar bastante se as empresas conseguirem uma reaproximação justamente por ela já ter modems que suportam a tecnologia 5G prontos para serem utilizados pelas fabricantes.

Leia também

Resta saber se a Apple está disposta a negociar com uma empresa que é sua inimiga nos tribunais. Vale notar que, se isso acontecer, não será a primeira vez: Apple e Samsung protagonizaram um dos maiores embates judiciais já vistos no mercado de tecnologia e, ainda assim, a sul-coreana (uma outra divisão da empresa, é verdade, mas ainda assim uma empresa do grupo Samsung) continuou fornecendo — e continua ate hoje — componentes para iPhones.

via AppleInsider

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes