Musical cancelado sobre Steve Jobs e Bill Gates sofre processo de US$6 milhões

Já falamos aqui sobre o musical da Broadway “Nerds”, que adotaria um tom cômico para ilustrar as décadas de rivalidade entre Steve Jobs e Bill Gates. A ideia, claro, era boa demais para ser verdade e foi cancelada em 2016, um mês antes da sua estreia, por conta da saída de um investidor. Agora, o dono do projeto está em apuros.

Carl Levin, produtor do musical cancelado, foi processado recentemente por 13 investidores do projeto. As partes queixosas pedem US$6 milhões do produtor, alegando que ele mentiu sobre patrocinadores do musical para atrair mais investimentos e gerar atenção para a peça.

Segundo os investidores, Levin teria mentido, por exemplo, que a própria Microsoft contribuiria com uma parte do financiamento do espetáculo, coisa que nunca aconteceu — de fato, àquela altura, o projeto como um todo já estava devendo mais de US$1 milhão aos seus investidores, o que representou o início da ruína.

Os investidores afirmam ainda que as ações do produtor teriam “deixado um rastro de desapontamento, raiva e financiadores não pagos”. Não é por menos que “Nerds” já é popularmente classificado como o “Fyre Festival da Broadway” — em referência ao megalomaníaco festival de música nas Bahamas que nunca aconteceu, deixou um monte de investidores (e participantes!) à deriva, e recentemente virou tema de um documentário na Netflix.

A história toda é realmente lamentável, até porque o musical prometia: Levin, à época, propunha uma experiência inovadora até para os padrões da Broadway, na qual espectadores poderiam interagir ao vivo com o espetáculo por meio de um aplicativo e hologramas realistas fariam parte do cenário.

“Nerds” chegou a ser encenado antes da sua fracassada incursão à Broadway, mas em circuitos bem menores, na Filadélfia. Ou seja, é provável que o grande musical sobre Jobs e Gates nunca fique conhecido pelo grande público — ainda mais agora que o seu produtor está em maus lençóis.

via AppleInsider

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes