Apple está ajudando a proteger 11 mil hectares de manguezais na Colômbia

Em setembro passado, a Apple revelou seus planos, em parceria com a Conservation International, para ajudar a proteger uma área de mais de 11 mil hectares (cerca de 11 mil campos de futebol) de manguezais na Baía de Cispatá, costa da Colômbia. Agora, neste Dia da Terra (comemorado hoje, 22 de abril), a empresa compartilhou alguns avanços já realizados pela iniciativa.

O trabalho da Apple e da ONG é realizado basicamente com comunidades locais, e um dos maiores objetivos do projeto é criar um modelo de créditos de carbono que incentive outras empresas a apoiar a preservação dos manguezais — que, como bem se sabe, são verdadeiros pulmões para a terra, tendo a capacidade de absorver 10x mais dióxido de carbono que florestas terrestres (e emitindo todos esses gases nocivos quando desmatados).

Caso a iniciativa obtenha sucesso, a Apple e a Conservation International estimam que conseguirão evitar que mais de 1 milhão de toneladas de dióxido de carbono sejam lançadas na atmosfera — o equivalente às emissões totais de carros, ônibus, aeronaves e navios nos Estados Unidos ao longo de todo o ano de 2017.

A reportagem da Apple sobre a iniciativa traz uma série de histórias interessantes sobre figuras da população local envolvidas na luta pela preservação dos manguezais. Temos, por exemplo, a perseverança de Rosa Pérez, que coleta dados sobre o bioma local e os canais que percorrem o mangue desde 1976 — ela tem a maior base de dados sobre a região desde muito antes de a Baía de Cispatá ser classificada como uma Área Marinha de Proteção (AMP).

Rosa Pérez, participante de iniciativas de conservação de manguezais na Colômbia apoiadas pela Apple

Rosa Pérez

Com os investimentos da Apple, pesquisadores estão conseguindo meios de analisar os padrões dos manguezais e a forma como o solo do bioma armazena as moléculas de dióxido de carbono, o que representa um avanço nos experimentos para proteger essas áreas (que correm risco constante de desertificação) e potencializar os meios de reduzirmos a emissão de gases poluentes.

Leia também

Boa, Apple! 👏🏼

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes