Empregados da Amazon roubam US$100 mil em Apple Watches dos armazéns da empresa

Notícias de Macs e iPhones sendo roubados de lojas da Apple são quase comuns, já que os espaços de varejo da Maçã são relativamente desprotegidos e o alto valor das mercadorias ali presentes são deveras atraentes para indivíduos fora da lei. Agora, sabem o que é menos comum? Uma carga de Apple Watches ser roubada nos armazéns da Amazon.

Apple Watches roubados de armazém da Amazon

Alguns dos produtos roubados | Imagem: WDEL

Foi exatamente o que aconteceu, segundo a rádio WDEL: a polícia do estado americano de Delaware descobriu quatro pessoas que roubaram o equivalente a US$100.000 em relógios da Apple dos armazéns da Amazon. Os quatro suspeitos eram empregados da varejista e trabalharam em equipe para desfalcar os Watches (e alguns acessórios) das instalações.

A operação ocorreu ao longo de alguns meses, e certamente requereu alguma especialização por parte dos suspeitos: se nos basearmos nos preços dos Apple Watches vendidos hoje pela Amazon, podemos concluir que foram surrupiadas entre 220 e 550 unidades do reloginho, dependendo do modelo.

Três dos quatro suspeitos foram detidos pela polícia de Delaware após uma denúncia da própria Amazon; a quarta pessoa envolvida nos crimes fugiu. Alguns dos itens roubados já foram recuperados, mas a maior parte deles não foi encontrada e certamente já foi vendida em mercados paralelos.

Vê se pode?

via Cult of Mac

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes