Tim Cook discursa para formandos da Universidade de Tulane e faz doação para instituição de Nova Orleans

Imagem de destaque

Como adiantamos em maio passado, o CEO1 da Apple, Tim Cook, participou da cerimônia de formatura da Universidade de Tulane no último sábado (18/5) em Nova Orleans (Luisiana, Estados Unidos). Durante o evento, Cook recebeu um diploma honorário de Tulane e foi elogiado por “transformar a Apple no arquétipo do sucesso e da inovação no campo da tecnologia”.

Em seguida, o executivo contou aos formandos a história da sua jornada à Apple; ele falou, ainda, sobre assuntos mais sérios (como as mudanças climáticas), e incentivou os graduandos a fazerem a diferença no mundo. Em uma de suas falas, Cook disse que a geração dele falhou com as mais novas por passar muito tempo debatendo sobre problemas e não os resolvendo, de fato.

Nesse sentido, Cook abriu seu discurso convidando os formandos de Tulane a serem mais abertos aos problemas que as outras pessoas enfrentam, afirmando que “em um mundo onde você obsessivamente documenta nossas próprias vidas, nós não prestamos atenção no que devemos uns aos outros”.

Sobre a ideia de ajudar o próximo, Cook contou a história de como ele chegou à Apple, destacando o compromisso do cofundador da companhia, Steve Jobs, de levar a tecnologia para mais pessoas. Em suma, ele contou que, apesar de possuir um emprego estável na Compaq, Jobs conseguiu convencê-lo, em 1998, a embarcar em uma empresa que estava à beira da falência naquela época (a Apple).

Eu tinha um emprego confortável em uma empresa chamada Compaq, que na época parecia que estaria no topo para sempre. […] Em 1998, Steve Jobs me convenceu a deixar a Compaq para trás e me juntar a uma empresa à beira da falência. Eles faziam computadores, mas, pelo menos naquele momento, as pessoas não estavam interessadas em comprá-los. Steve tinha um plano para mudar as coisas. Não foi apenas sobre o iMac ou o iPod, foi sobre os valores que deram vida a essas invenções: a ideia de colocar ferramentas poderosas nas mãos de todos para levar a sociedade adiante.

Cook conversou um pouco sobre mudanças climáticas, um tópico sobre o qual tanto a Apple quanto o próprio executivo já debateram várias vezes no passado. Cook disse que, em muitos aspectos, sua geração foi reprovada pelos grupos de indivíduos mais jovens, e que por isso ele sente ter falhado.

De algumas maneiras importantes, minha geração falhou com você. Passamos muito tempo debatendo, estamos focados na luta e não focados o suficiente no progresso. Você não precisa procurar muito para encontrar um exemplo desse fracasso. Aqui [em Nova Orleans], hoje, neste mesmo lugar onde milhares de pessoas uma vez procuraram desesperadamente abrigo para um desastre de 100 anos, eu não acho que podemos falar sobre quem somos como pessoas e o que devemos uns aos outros sem falar sobre a mudança climática.

Sobre esse problema, Cook concluiu seu discurso incentivando os formandos de Tulane a construírem um mundo melhor para as futuras gerações olhando para erros cometidos no passado. Nesse sentido, ele olhou para além da esfera política e chamou a atenção de todos para as mudanças climáticas.

Seja motivado pelo seu dever de construir um mundo melhor. Os jovens têm mudado o curso da história várias vezes. Agora é hora de mudar novamente. Eu sei que a urgência dessa verdade está com você hoje. Sinta-se grande, porque ninguém pode fazer você se sentir pequeno. Sinta-se corajoso porque os desafios são ótimos, mas você é ótimo. Sinta-se grato, porque alguém se sacrificou para tornar este momento possível para você. […] Você pode ter sucesso, você pode falhar. Faça da sua vida o trabalho de refazer o mundo. Não há nada mais bonito do que trabalhar para deixar algo melhor para a humanidade.

Parabéns à turma Tulane de 2019! Obrigado por me convidar para participar das festividades de hoje – VAI WAVE! 💚🌊

Visita ao Ellis Marsalis Center for Music

Cook aproveitou a viagem a Nova Orleans para visitar, após o discurso na Universidade de Tulane, o Ellis Marsalis Music Center, local que oferece um ambiente seguro para crianças e jovens carentes a se desenvolverem musical, acadêmica e socialmente. O centro também realiza atividades culturais em Nova Orleans, valorizando a sua conexão com a comunidade, como informou o The New Orleans Advocate.

Música e comida são a alma de Nova Orleans. Adoro ver a grande variedade de artes, aprendizado e tecnologia no Ellis Marsalis Center for Music, onde a comunidade se torna família.

Durante a visita (que durou quase duas horas), Cook anunciou que a Apple doará equipamentos para ajudar com os incentivos de produção musical oferecidos pelo centro; além disso, a gigante de Cupertino fornecerá treinamentos em softwares de criação musical para os alunos locais.

O cofundador da instituição, Harry Connick Jr., disse que esse é apenas o primeiro passo de uma longa parceria entre o EMCM e a Apple.

Ter Tim Cook aqui e se interessando pelo nosso centro é realmente monumental. Este é um primeiro passo, e esperamos que este seja o começo de um longo relacionamento.

·   •   ·

No dia 16 do próximo mês (junho), Cook realizará o discurso de formatura da Universidade Stanford, que acontecerá no estádio da própria universidade, na Califórnia.

via 9to5Mac

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes