Código do iOS 13 traz referências a acessório de rastreamento da Apple

Imagem de destaque

Rumores pré-WWDC19 indicavam a possibilidade de a Apple lançar um acessório (codinome B389) que, junto do novo app Buscar Meu (Find My; o resultado da mescla do Buscar Meu iPhone com o Buscar Meus Amigos), poderia ser utilizado para rastrear basicamente qualquer coisa.

Bem, a keynote de abertura da WWDC19 passou e nada sobre o acessório foi comentado. Contudo, surgiram referências em códigos do iOS 13 as quais apontam, sim, para o lançamento desse novo produto.

A primeira versão beta do iOS 13 conta com pacote de assets para um dispositivo referenciado como Tag1,1 — a descoberta foi feita por Steve Moser. O desenvolvedor Guilherme Rambo explicou que esse tipo de pacote é usado para emparelhar dispositivos por proximidade, da mesma forma que os AirPods e o HomePod podem ser emparelhados com o dispositivo de um usuário.

Um outro asset encontrado também nos dá uma ideia de como esse dispositivo será. É possível que estejamos falando de um modelo usado para testes o qual foi esquecido no sistema, mas ele corresponde com as descrições do dispositivo (fornecidas por pessoas envolvidas em seu desenvolvimento) recebidas pelo 9to5Mac.

Resumindo: esse novo acessório tem tudo para ser mesmo uma tag com a finalidade de ser colocado em qualquer item/produto; após isso, o usuário então faz o emparelhamento da tag (basicamente como acontece hoje com os AirPods) no app Buscar Meu e atrela a tag/produto rastreado ao seu ID Apple, como acontece hoje com iPhones, iPads, Macs, Apple Watches, etc.

Feito isso, usuários poderão receber notificações quando se afastarem da tag, evitando que eles esqueçam o item em algum lugar. A maior probabilidade é que esse novo acessório seja anunciado em setembro, no evento especial que a Apple tradicionalmente faz para apresentar os novos iPhones e Apple Watches.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes