Respondendo à dúvidas de um futuro Mac user

Assíduo leitor do BLOG.MACMAGAZINE, o Francisco Carneiro entrou em contato com a gente recentemente com algumas típicas dúvidas de um atual usuário do Windows que morre de vontade de migrar para o mundo Mac mas ainda está um pouco receoso. Em vez de respondê-lo via email, preferi fazer um post, já que as dúvidas dele podem ser as mesmas de muitos de vocês.

Publicidade

Preciso comprar algum software específico ou o Mac OS já substitui o Windows perfeitamente?
De modo algum! O Mac OS (X) é um sistema operacional completo, muito mais bonito, estável e intuitivo do que o Windows, inclusive. A primeira vista pode assustar um pouco a falta do menu Iniciar e algumas outras coisas, mas diferente não é difícil. Em poucos dias você se acostuma e pega a manha de tudo. É ótimo usar o Mac OS X.

Vale a pena comprar a suíte Microsoft Office?
Tudo depende das suas necessidades. O Office é um produto maravilhoso — sim, mesmo sendo da Microsoft; inclusive, ela mesmo já soltou uma vez que conseguiu desenvolver o produto melhor para Mac do que a própria versão para Windows, devidas às flexibilidades proporcionadas pelo sistema operacional — e super completo, mas eu o recomendaria para quem realmente necessita dos seus programas diariamente e, principalmente, quem troca muitos arquivos com outras pessoas que também usam o Office — ainda mais os que o utilizam sob a plataforma Windows. Por outro lado, soluções gratuitas (de código-aberto) como o OpenOffice podem satisfazer grande parte dos usuários. Além disso, a própria Apple oferece a suíte iWork com o Pages e Keynote, concorrentes do Word e PowerPoint, respectivamente. Só falta um equivalente para o Excel, mas ele deve vir na nova versão do pacote, que sai a qualquer momento.

Publicidade

Pretendo usar o Boot Camp com o MacBook. Existe alguma possibilidade de lançarem algum vírus que infecte o Mac OS iniciando o ataque a partir do Windows?
Olha, pra ser sincero, hoje em dia tudo é possível, mas eu acho que isso seria bem difícil. Primeiro, pelo que sei, o Boot Camp não acessa os arquivos do Mac — o Parallels, por sua vez, permite que isso seja feito, então algo assim seria mais provável sob o Parallels, não Boot Camp. De qualquer maneira, acredito que ambas as soluções impeçam que isso ocorra. Um ataque no Windows é possível (e bem provável, haha), mas creio que ele só afete e destrua os arquivos dentro da própria máquina virtual rodando o Windows.

Felizmente, a história do Chico (permita-me a intimidade, hehe!) está prestes a mudar e, em uma breve viagem ao Canadá, ele deverá comprar um MacBook branco. Boa sorte pra você, cara!

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…