We Feel Fine, a rede de sentimentos

Me deparei com um conceito genial, demonstrado em uma das palestras do TedTalks: é de consenso geral que além de comunicarmos coisas corriqueiras, também “colocamos nosso sentimento para fora” via web. Vide sucesso das comunidades do Orkut, as galerias do Flickr e cia. Nossa necessidade e capacidade de expressão são imensas. Partindo disso, foi criado o We Feel Fine, um sistema que busca por frases que contenham as sentenças “i feel”, “i am feeling” em blogs e o acrescenta ao seu banco de dados.

We Feel Fine

Os sentimentos são simbolizados por esferas com cores e tamanhos correspondentes: se eu me sinto triste e escrevi uma frase longa sobre isso, meu círculo será azul e maior do que boa parte das esferas vizinhas. Se minha frase foi coletada no Flickr, a foto também é agregada ao sistema e será representado por um retângulo. Se alguém clicar no meu símbolo, será exibida a minha frase ou a foto que coloquei junto, e haverá um link para o post completo.

We Feel Fine - interface

São também coletados dados como sexo, idade, localização e informações sobre o clima. Todos são utilizados para nos apresentar estatísticas, por exemplo, sobre qual a sensação mais comum entre os blogueiros (e existe um ranking, com dezenas de sentimentos), qual a faixa etária mais comum e onde a maioria está localizada.

Posso determinar uma busca bem específica, do tipo: o que as mulheres blogueiras inglesas entre 20 e 29 anos sentiram no dia 12 de junho? Também dá para estimar se os americanos ou os canadenses são mais felizes e se o clima realmente afeta o humor das pessoas, entre outras tantas possibilidades.

Não deixem de conferir todos os modos de exibição dos sentimentos e a galeria com as montagens mais interessantes. A interface é algo a parte: simples, mas muito bem planejada. Divirtam-se!

Posts relacionados

Comentários