Guia MacMagazine para iPod touch (parte 2): sincronizando e desconectando

Este é o segundo artigo da nossa série sobre o iPod touch. Se você perdeu, o primeiro foi sobre conexão e registro do aparelho.

Sincronizando

Interface do iTunesPronto, seu iPod está em perfeito estado e agora só falta jogar todas as suas músicas nele. Essa etapa, inicialmente, requer uma atenção básica: vai depender do quanto você tenha de músicas.

Para os usuários de primeira viagem no iPod, e não tão experimentados no iTunes, recomendamos que suas músicas, devidamente adicionadas ao iTunes, claro, sejam revisadas. Nesse processo você pode, inclusive, revisar os nomes das músicas, artistas e álbum, a fim de organizar melhor o seu conteúdo no seu iPod e, assim, verificar a quantidade de músicas e ver se elas ultrapassam, ou não, o limite de espaço no aparelho.

Caso o seu iPod seja 8GB, por exemplo, e você tenha 10GB, selecione o conteúdo que você quer colocar, e crie uma lista de reprodução, no iTunes, para as músicas serem direcionadas à ela. Assim, você poderá criar uma playlist chamada iPod touch, jogar seu conteúdo pra lá, e ainda assim, poder criar playlists com aqueles arquivos. Para isso, você abrirá a playlist, visualizando os arquivos e da mesma maneira, arrastar e soltar as músicas em uma nova playlist. Fazendo isso, você não deletará os arquivos da playlist anterior.

Se você não tiver problemas de espaço, a única coisa, após dar uma organizada nas suas músicas, é coloca-las para sincronizar, de acordo com sua preferência, sendo a automática a mais fácil. Sincronizando automaticamente, todos os novos arquivos adicionados, todos os arquivos atualizados, e todos os registros de contagem de reprodução das músicas serão atualizados quando você conectar o iPod touch ao computador.

Essa é uma parte que eu preciso fazer uma declaração fora do guia a respeito de uma dúvida e uma implicância que muitos têm com o iPod. Muitas pessoas implicam com o fato de o iPod requerer o iTunes para que suas músicas sejam enviadas para o player, “sacrificando” a facilidade arrastar e soltar arquivos de música diretamente nele. Bem, essa é uma facilidade limitada. O iPod, baseando-se na plataforma do iTunes, dá às suas músicas a real dimensão de envolvimento com as mesmas e que faz dele, portanto, o player mais vendido no mercado.

Quando o seu iPod sincroniza automaticamente com o iTunes ele transfere aquela capa de álbum — que, especialmente no touch, fica linda — e caso você tenha adicionado letra às suas músicas, a sincronização também as envia, fora os dados de registro da música, a quantidade de vezes que já foi reproduzida — que é o mais interessante, pra montar a sua playlist inteligente das mais tocadas e você ver a sua personalidade musical. Quando você faria isso com outro aparelho, com a tão simples — e limitada — facilidade de arrastar e soltar? Você define uma pasta para suas fotos, quando tiver fotos novas, você joga elas ali, e, depois o seu iTunes transfere facilmente para o iPod. Isso é simplicidade inteligente.

Depois de sincronizadas as músicas, você simplesmente desconecta o touch do computador, retirando o conector dele. Pronto! Suas músicas, vídeos e fotos estarão lá. O touch, diferentemente dos outros, não precisa ser desconectado via iTunes.

Além de arquivos de músicas, vídeos e fotos, o iTunes transfere também para o seu iPod touch seus contatos e sua agenda. Para isso, basta você ser usuário do Address Book, para Mac, ou Outlook/Outlook Express para Windows.

Desconectando seu iPod touch

Em alguns casos, quando o iPod touch está conectado ao computador, ele não pode ser desconectado apenas desplugando o cabo USB. Nessas horas, o iPod deve ser ejetado primeiro para só depois ser desconectado em segurança.

Confira abaixo as mensagens que o iPod pode mostrar e saiba se você pode desconectar ou não:

Pronto para desconectarEjetar antes de desconectar
CarregandoNão desconecte
Pronto para desconectarConectado. Ejetar antes de desconectar
iPod estiver exibindo o menuSincronização em progresso. Favor esperar…

iPod touchConfira as formas para ejetar seu iPod touch:

Em versões mais recentes do iTunes, você deve clicar no botão eject próximo ao ao nome do seu iPod na source list (imagem ao lado).

Aos usuários que estão acostumados com outros iPods terem função modo de disco, um aviso: o iPod touch não tem essa função, portanto, assim que você conectá-lo ao seu Mac ou PC, ele não vai aparecer nem no Finder, nem no Windows Explorer. Só estará visível, portanto, via iTunes.

Como você não pode desconectar nenhum iPod durante a sincronização, com o iPod touch não seria diferente. Porém, um pouco diferente dos outros modelos, o touch oferece a opção de cancelamento de sincronização nele próprio. Enquanto você estiver sincronizando e desejar parar, basta rolar o botão cancelar nele, que sempre aparece durante a sincronização. É uma forma segura, assim como no iTunes. Contudo, é sempre recomendado usar esse recurso só em casos de necessidade.

Confira todos os artigos desta série:

Posts relacionados

Comentários