Guia MacMagazine para iPod touch (parte 3): Wi-Fi e Safari

Este é o terceiro artigo da nossa série sobre o iPod touch. Se você perdeu, o primeiro foi sobre conexão e registro do aparelho e o segundo sobre sincronismo e desconexão.

Wi-Fi

Wi-FiMais simples que o Wi-Fi do touch, impossível. Só se a internet estivesse conectada a ele, 24 horas por dia e em movimento! Porém, como se trata de Wi-Fi, não de WiMAX, para usar a internet através do iPod, basta você ir a alguns locais com sinal. E aí você tem que prestar atenção.

O Wi-Fi do iPod touch é gratuito. Desde que o sinal também seja, de alguma forma. Quando você estiver em alguma área que você ache que tenha sinal Wi-Fi, vá em Settings/Especificações » Wi-Fi e espere aparecer as redes que ele encontrar. Claro, para isso o Wi-Fi do iPod tem que estar ligado. E isso, você faz no botãozinho bem intuitivo de ligar e desligar dele.

Se no local que estiver você encontrar duas ou mais conexões, e que você encontre algumas conexões com cadeado, você, obviamente, não deverá conectar nessas. A menos que você saiba a senha, lógico. Se você encontrar uma conexão aberta, sem cadeados, clique sobre ela e navegue na internet. Veja bem, você tem que clicar sobre ela, e não na setinha ao lado, que te leva às configurações da rede.

Porém, eu disse que para usar o Wi-Fi do iPod, que é gratuito, você tem que estar em um local com “alguma forma de sinal gratuito”. E é aí que está a confusão a respeito de assinaturas etc. Recentemente eu percebi esse problema no Aeroporto do Galeão, aqui no Rio. Lá, como eles dizem, tem internet gratuita. Porém, gratuita no sentido de você não pagar a eles, diretamente, pelo uso da internet no seu aparelho. Entretanto, a rede Vex, que é a que eles usam, exige que o usuário faça login com o seu nome de usuário de algum serviço pago de Wi-Fi, como o Velox Wi-Fi, por exemplo. Isso de conexão gratuita, leitores, é balela deles. No final das contas, a conexão não é gratuita, afinal, algum dia você pagará uma assinatura pra ter o direito de usar aquela conexão…

Nas conexões verdadeiramente gratuitas, onde o sinal e o acesso efetivo à rede é liberado, basta que você procure o sinal com o seu iPod e clique na devida rede para ter acesso.

Você pode ir diretamente ao Safari quando quiser acessar a Web. Abra o Safari e digite um endereço. Se nenhuma rede estiver previamente conectada, o iPod informará que não foi possível estabelecer uma conexão e, assim, apresentará as redes que estão disponíveis, sejam elas pagas, ou gratuitas. Daí, é só clicar e pronto: você está na internet! Perfeito!

Além disso, inteligentemente, o iPod se conecta automaticamente às redes que ele já se conectou anteriormente. Se você estiver naquele bar que você acessou a internet com o seu iPod há algumas semanas atrás, basta você abrir o Safari que ele entrará na rede conhecida automaticamente. Nas configurações do Wi-Fi no touch você pode programá-lo para Ask to Join Networks/Pedir para aceder, que é a função onde o iPod pergunta ao usuário que rede ele deseja se conectar, caso sejam redes desconhecidas. Por padrão, deixe essa opção sempre ligada. Não vai te custar muita coisa escolher uma rede nova.

Navegando no Safari

iPod touch - SafariÉ simples, é bonito, é mágico! Ponta dos dedos na tela para dar zoom ou diminuir, barra de endereço que só está lá quando você precisa, bem como o teclado. Só que tem funcionalidades que ele possui, que alguns desconhecem.

Está no MacMagazine, e não sabe como acompanhar ele de modo mais fácil? Use o nosso RSS! O Safari no iPod touch possui leitor RSS inteligente que integra as notícias conforme elas são publicadas. Gostou de algum título? Clique e leia um breve resumo. É isso mesmo que você quer ler? Clique em ver o artigo na íntegra! Simples e feito pra poupar tempo. Você não abre um site mostrado no RSS a menos que você esteja interessado.

Pra guardar o RSS do MacMagazine no seu Safari, clique no menu superior do nosso BLOG, na opção feita especialmente pra você, usuário do iPod touch e, claro, do iPhone também. Assim, você será levado ao Mac.Reader, que é o leitor RSS e lá você poderá salvar esse endereço como seus favoritos!

Está em outra página interessante e quer salvar para voltar depois? Clique no livrinho no menu inferior do Safari e grave o site na pasta que você quiser. Você pode definir suas pastas em categorias de sites pra ficar tudo mais organizado. Pasta de tecnologia, carros, viagens, baladas etc. Tudo organizado, na palma da sua mão!

Dica para Safari: como navegar em sites que contenham frames? No seu computador, os sites que usam esse recurso, aparecem divididos na tela com várias barras de rolagens para você rolar o menu superior da esquerda para a direita, ou os menus principais de cima para baixo. No iPod touch, entretanto, você não verá essas barras. Se o site tiver mais conteúdo que não é mostrado, até que você navegue por ele, basta usar os dedos para se movimentar, certo? Sim, com o seguinte detalhe em casos de sites como esses:

Navegando pelo Safari

  • Use 1 dedo: para rolar e navegar pelo site inteiro, tanto para a esquerda, para a direita, quanto para cima e para baixo, movendo toda a página de uma só vez.
  • Use 2 dedos: para rolar dentro do frame, sem mover o resto do site, da mesma forma, conforme a direção desejada.

Antes que venham perguntando pra gente, tenho que dizer que, por enquanto, ainda não é possível salvar seus favoritos do Mobile Safari, que é o nome oficial do Safari pro touch. Essa funcionalidade, por enquanto, ainda não está incluida em nenhuma das versões de firmware disponibilizadas pela Apple.

Confira todos os artigos desta série:

Posts relacionados

Comentários