Apple anuncia versão 2.0 beta do software do iPhone

A Apple apresentou hoje pela primeira vez, em evento para a imprensa, a nova versão 2.0 do software do iPhone, com disponibilidade beta imediata para alguns desenvolvedores e consumidores corporativos selecionados.

iPhone SDK

O iPhone 2.0 beta inclui o iPhone Software Development Kit (SDK) além de novidades corporativas, como suporte para o Microsoft Exchange ActiveSync, que proporcionará push de emails, contatos e calendários de forma totalmente segura além de remote wipe. A Apple ainda adicionou Cisco IPsec VPN para acesso criptografado em redes corporativas privadas.

O SDK traz finalmente aos desenvolvedores um conjunto completo de Application Programming Interfaces (APIs) e ferramentas para a criação de aplicativos inovadores para iPhones e iPods touch. A partir de hoje, qualquer um pode baixar o beta do iPhone SDK gratuitamente e rodar o iPhone Simulator no seu Mac.

A Apple anunciou hoje, também, o seu novo iPhone Developer Program, dando aos desenvolvedores tudo o que precisam para criar seus programas nativos, além da nova App Store, uma nova forma de distribuição sem fio de aplicativos para usuários de iPhones e iPods touch.

O SDK acompanha diversas interfaces de programação para as tecnologias Core OS, Core Services, Media e Cocoa Touch. Desenvolvedores poderão explorar ao máximo as capacidades multi-touch dos aparelhos, através de tecnologias de animação construídas para suas interfaces, armazenamento de sobra, acelerômetro de três eixos e tecnologia de localização gráfica, possibilitando a criação de aplicativos móveis revolucionários e inovadores.

A Apple licenciou o Exchange ActiveSync da Microsoft e está implementando-o dentro do iPhone, permitindo que usuários conectem-se a servidores Microsoft Exchange 2003 e 2007 e usufruam de push em emails, contatos, calendários e listas de endereços globais, de forma totalmente segura.

O software 2.0 do iPhone suporta Cisco IPsec VPN para garantir o nível mais alto de criptografia baseada em IP disponível hoje em dia para transmissão de valiosos dados corporativos, além de possibilitar autenticação em certificados digitais ou baseados em senhas via autenticação multi-factor. A adição de autenticação WPA2 Enterprise com 802.1x permite que consumidores corporativos incorporem iPhones em ambientes com os últimos padrões de proteção de redes Wi-Fi.

O iPhone 2.0 traz um novo utilitário de configuração que permitirá que administradores de redes corporativas fácil e rapidamente configurem diversos aparelhos, incluindo políticas de senhas, configuração de VPNs, instalação de certificados, configuração de servidores de email e muito mais. Uma vez que um padrão é definido, ele pode ser transmitido e distribuído para outros usuários de forma segura via link da web ou email.

A App Store permitirá que usuários naveguem, busquem e comprem aplicativos de terceiros em conexões sem fio, através de seus iPhones ou iPods touch. Os próprios desenvolvedores escolhem o preço que querem cobrar por seus softwares — que podem ser gratuitos, é claro — e ficam com 70% das vendas. A compra de aplicativos é tão fácil como comprar músicas ou vídeos pela iTunes Store. Clientes corporativos poderão criar, também, páginas privadas e seguras dentro da App Store para distribuir aplicativos somente para seus funcionários.

A Apple será responsável por todos os custos de implementação de cartões de crédito, hospedagem, DRM e infra-estrutura necessária para disponibilizar aplicativos pela App Store. Todos os softwares necessitam ser previamente aprovados por ela, como já era esperado.

O SDK inclui diversas ferramentas avançadas para a criação de aplicativos nativos para iPhones e iPods touch, tais como o Xcode (para edição de códigos-fonte, gerenciamento de projetos e testes gráficos), Interface Builder (com criação via drag&drop e pré-visualização em tempo real), Instruments (para monitoramento e otimização de performance de aplicativos em tempo real) e o iPhone Simulator (para a execução e teste de aplicativos).

Durante a fase beta do programa SDK do iPhone, um número limitado de desenvolvedores será incorporado ao novo iPhone Developer Program da Apple e terá a oportunidade de testar seus códigos em iPhones. O Standard Program custa US$99 por ano e dá aos membros o iPhone SDK ferramentas de desenvolvimento, acesso para softwares do iPhone pré-lançamento, suporte técnico, possibilidade de testar códigos em iPhones e distribuição de aplicativos via App Store. Já o Enterprise Program custa US$299 por ano.

Além dos novos recursos de rede e segurança, a beta 2.0 do software do iPhone traz algumas novidades no Mail, tais como a habilidade de visualizar anexos de PowerPoint (em adição aos já suportados Word e Excel), além de possibilitar remover e mover diversas mensagens de uma vez só.

A versão final do software iPhone 2.0 — incluindo seu SDK e recursos corporativos — está prevista para o final de junho, como uma atualização gratuita para todos os usuários de iPhones. Aplicativos de terceiros criados para iPhones rodarão normalmente em iPods touch, mas estes precisarão comprar uma atualização de software que os possibilite rodá-los.

O beta gratuito do iPhone SDK está disponível imediata e mundialmente para download. Já o iPhone Developer Program será iniciado nos Estados Unidos, por enquanto, e chegará a outros países nos próximos meses. A Apple está aceitando, a partir de hoje, pedidos de consumidores corporativos que queiram entrar no iPhone Enterprise Beta Program, privado.

Posts relacionados

Comentários