Adobe reconhece que não será assim tão fácil levar o Flash para o iPhone

iPhone sem FlashBem que eu avisei… A Adobe retificou a afirmação de seu CEO que irá desenvolver uma versão do Flash para o iPhone com o SDK liberado pela Apple. Segundo a própria Adobe, não será assim tão simples. Tudo dependerá da permissão da Apple.

Parece que os caras lá na Adobe — assim como aconteceu com o pessoal da Sun, quando afirmaram que iriam eles mesmos levar o Java para o iPhone — não leram completamente os termos do SDK.

Segundo os termos do SDK, nenhum aplicativo poderá ser um plug-in, nem mesmo baixar e utilizar códigos além daqueles já presentes no SDK do iPhone. Todo aplicativo deverá ser um aplicativo stand-alone. E também é bem provável que nenhum desses aplicativos possa trabalhar em background.

Para o Flash realmente funcionar no iPhone, ele precisará trabalhar em conjunto com o Safari Mobile (como um plug-in), coisa que a Apple provavelmente não permitirá assim tão fácil. E, sem o consentimento da Apple, o Flash não poderá ser distribuído oficialmente pela App Store. E a Adobe não cairá na besteira de distribuir via um Installer.app da vida. É briga na certa com a Apple.

Quer saber o que eu acho? A Apple nunca (ou pelo menos por um bom tempo) permitirá que o Flash venha para o iPhone. O iPhone não precisa do Flash, mas o Flash precisa do iPhone. Por que? Bom, por mais parceiras que as duas empresas sejam, elas são concorrentes em um segmento: no de vídeos e players para web. Sim, é isso mesmo. A Adobe possui o Flash e a Apple possui o QuickTime (lembram dele né?).

O Flash, que é um formato proprietário da Adobe, é quase um padrão nos desktops. Mas no segmento móvel, isso ainda não está definido. E, por enquanto, eu acho que a Apple está ganhando essa briga. Tá, o QuickTime não é padrão, mas ele está presente de forma nativa no dispositivo que mais cresce em buscas, navegação e multimídia na internet. Também está presente no iPod touch e no Apple TV, que ainda tem um futuro muito próspero pela frente. E por que a Apple iria ajudar a Adobe a se tornar padrão nesse segmento também com um formato proprietário?!

Quer mais uma prova de que a Apple não está nem aí pro Flash? TODO o site da Apple foi convertido de Flash para QuickTime.

Ou seja: quer seu vídeo tocando em um dos gadgets móveis mais bacana do momento? H.264 nele! Menu do site em Flash? CSS nele! O Safari e o WebKit (também da Apple) são feras no CSS…

Posts relacionados

Comentários