Adobe decide abrir Flash com mercado portátil em sua mira

A Adobe anunciou hoje o Open Screen Project, iniciativa que irá liberar mais a formatação de animações do Flash (inclusive, futuramente, o Adobe AIR) em aparelhos móveis.

A mudança visa eliminar os limites de uso de arquivos SWF normais além de vídeos em F4V ou FLV, e em breve veremos a Adobe publicar tanto a camada de conversão para o Flash quanto o protocolo Flash Cast na web.

O objetivo é ajudar desenvolvedores a reduzirem o formato para handhelds, incluindo telefones celulares e outros aparelhos de internet móveis. Ele ajuda, também, a estabelecer uma experiência mais consistente na web fora do computador, segundo a Adobe.

A empresa pretende ainda cortar os cursos de licenciamento do uso de Flash e do AIR em aparelhos portáteis, visando o seu crescimento entre desenvolvedores. Telefones como alguns da série N da Nokia já usam, hoje em dia, o Flash Lite, mas a grande variedade de processadores e ambientes de software impede uma adoção em massa do formato.

Parcerias da Adobe no Open Screen Project

Diversas companhias já firmaram parcerias com o projeto, tais como fabricantes de chips (ARM, Intel e Qualcomm), designers de telefones (Motorola, Nokia, Sony Ericsson e Toshiba), desenvolvedores de softwares (BBC e NBC Universal) e operadoras de telefonia (NTT DoCoMo e Verizon Wireless).

[Via: Electronista.]

Posts relacionados

Comentários