Google terá aplicativos prontos para o iPhone assim que sair o seu software 2.0

O pessoal da Macworld fez uma visita ao campus do Google em Mountain View e também falou com o time de engenharia da companhia sobre os avanços do Google em aplicações para o Mac OS X e, principalmente, para o iPhone.

Publicidade

Vic Gundotra, vice-presidente de engenharia do Google, contou-lhes que aplicativos específicos para o iPhone desenvolvidos pelo Google serão apresentados em junho, junto com o lançamento do novo software 2.0 do iPhone, e distribuídos através da nova App Store.

Google no iPhone

Essa relação amigável do Google com o celular da Apple é a maior razão para que Gundotra tenha recentemente se referido ao iPhone como “o melhor celular do mundo”. Além disso, o grande valor que a Apple também dá aos WebApps construídos por desenvolvedores é um outro diferencial.

Publicidade

“O Google possui diversos aplicativos baseados em tecnologias para a web que gostaria de oferecer em um formato móvel, mas primeiro devemos superar dois desafios: a plataforma móvel não é tão poderosa tecnicamente quanto um desktop, e é [ainda] incrivelmente fragmentada”.

Gandorra falou ainda que o Mobile Safari — versão adaptada do Safari para o iPhone — é o melhor navegador de dispositivos móveis já lançado para um telefone celular, e disse também que outras empresas poderão adotar navegadores livres baseados no mecanismo WebKit para seus celulares, já que, segundo ele, o problema da fragmentação em dispositivos móveis é praticamente inexistente no iPhone.

Publicidade

Com o SDK distribuído pela Apple, o engenheiro do Google terminou falando que o gigante da internet está trabalhando em aplicações nativas que funcionem no iPhone, recorrendo menos à web para seu funcionamento. “É o melhor de dois mundos em um só aparelho”, finalizou.

Os últimos esforços do Google para o iPhone foram bastante positivos para construir a imagem do aparelho. Em junho do ano passado, mesmo sem suporte à tecnologia Flash no iPhone, o Google e a Apple saíram na frente, oferecendo um aplicativo no aparelho especialmente destinado a exibir vídeos do YouTube.

Em janeiro deste ano, mais uma vez o Google e a Apple, em parceria com a Skyhook, surpreenderam o mercado com um incrível sistema de localização integrado ao Maps que eliminou — ao menos temporariamente — a necessidade de um hardware GPS integrado ao iPhone. Sem falar, é claro, nos WebApps oferecidos pelo Google, que superam os próprios sites adaptados para a maioria dos celulares.

Publicidade

O que será que os caras de Mountain View estão aprontando agora? 😉

[Via: Macworld.]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…