Documento de patente do iPhone com 371 páginas sai em nome de Steven P. Jobs

O US Patent & Trademark Office acaba de revelar um documento colossal que pode ser facilmente resumido como “A Patente do iPhone”. São 371 páginas que cobrem cada detalhe do revolucionário celular/handheld da Apple, desde sua interface até suas entranhas tecnológicas.

Veja que imagens como esta, abaixo, mostram alguns recursos que ainda não foram finalizados ou simplesmente não foram implementados na atual versão do seu software, como um ícone específico para blogs e um outro de dicionário. A patente cita, ainda, “módulos” de vídeo-conferência, GPS e outros recursos ainda inexistentes no aparelho.

Patente do iPhone

Mas talvez o mais interessante disso tudo seja o nome do responsável por todo este documento, seu design industrial e diagramas técnicos. Sim, olhe lá, no topo da página: “Jobs; Steven P. ; et al.” Ele mesmo, o próprio.

Inventores do iPhone

O Engadget acha, porém, que o nome de Steve Jobs no topo da lista deve-se a uma combinação de acordos igualitários sobre os inventores e, quem sabe, até mesmo algumas ameaças legais do próprio departamento jurídico da Apple.

“Se você fosse o Scott Forstall logo ali no número 2 da lista de inventores, o que você faria — bancaria uma de John Sculley?” Melhor ele ficar quietinho, mesmo…

Posts relacionados

Comentários