Garoto desenvolve tecnologia multi-touch em casa e chama a atenção da Apple

Bridger Maxwell

Bridger Maxwell

Um projeto de ciências de um garoto norte-americano chamou a atenção dos engenheiros da Apple em Cupertino. Bridger Maxwell, 17, criou uma tela multi-touch em casa em menos de dois meses.

Publicidade

“É como uma tela sensível ao toque, mas ao invés de você usar apenas um dedo para mexer as coisas, você pode usar todos os seus dedos simultaneamente para ampliar e rotacionar objetos”, diz ele.

Sua invenção lembra bastante a Microsoft Surface; a diferença é que esta não é direcionada para consumidores e custa milhares de dólares. O aparelho criado pelo estudante não custou mais do que US$400 e já é compatível com Macs.

Publicidade

Mesa multi-touchO iPhone, como você sabe, já incorpora esse conceito multi-touch. As diferenças dele em relação ao projeto de Maxwell são duas: a primeira é de que o iPhone não foi criado para ser o computador primário de uma pessoa; a segunda é que ele pode registrar até 3 toques simultâneos, enquanto a máquina do estudante reconhece até 100!

Não há como negar que boa parte da sua inspiração veio do filme Minority Report (2002), com Tom Cruise. Até mesmo os criadores da produção já viram o trabalho do menino e entraram em contato com ele. A Apple, por sua vez, está de olhos arregalados diante da façanha, e já chamou Bridger para trabalhar na empresa, a partir do ano que vem.

A solução multi-touch criada pelo estudante ainda está em estágio inicial, mas ele acredita que não demorará muito até que o objeto se torne algo comum em residências. Ele não pára por aí: já está desenvolvendo, também, um novo jogo para iPhones. Sua expectativa é de que ele fique pronto em alguns meses.

Publicidade

Será que suas idéias ajudarão à viabilidade de uma tão esperada Mac tablet? 🙂

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…