Demanda do iPhone 3G deve exceder oferta (claro)

iPhones 3G girando

Tal como ocorreu com a 1ª geração do iPhone, recentes estimativas mostram que a Apple mais uma vez não suportará a demanda da sua nova versão 3G. O analista Morgan Stanley prevê o dobro de vendas do aparelho para 2009: 27 milhões de unidades.

A operadora britânica O2 já confirmou, nesta semana, que observa um interesse pelo novo iPhone quatro vezes maior do que o da sua primeira geração. Mais de 130.000 pessoas se registraram para receber informações sobre o aparelho, contra 35.000 da primeira edição.

iPhones 3G girando

Lá na Austrália, uma das operadoras, a Optus, decidiu receber depósitos de $A100 de consumidores interessados em ser os primeiros da fila de disponibilidade do iPhone 3G — mas ela rapidamente teve que desistir da idéia, devido a uma “avalanche” de pedidos. A empresa estaria prometendo, inclusive, entregar os aparelhos duas horas antes do seu lançamento oficial; com isso, mais de 4.000 aussies correram para pontos-de-venda da Optus com o dinheiro em mãos.

A Vodafone, outra operadora australiana, afirmou que está recebendo 40.000 visitas diárias na seção sobre o iPhone dentro do seu site. Se imaginarmos que a população de todo o país totaliza 20 milhões de pessoas, o número é extremamente alto.

O problema disso tudo? Até a entrega do iPhone 3G se estabilizar nos 22 primeiros países que o receberão no dia 11 de julho, os outros — incluindo nós, aqui embaixo — terão que esperar para que consigam lançá-lo com um número mínimo razoável de unidades para entrega.

Posts relacionados

Comentários