Tabela de preços de Macs usados do MacMagazine atualizada

Gráfico de dinheiroDepois de muita enrolação e falta de tempo, consegui hoje fazer uma atualização geral no nosso Tabelão de Preços de Macs Usados, atendendo a pedidos insistentes de muitos usuários, principalmente os que participam ativamente do nosso FÓRUM. A todos, minhas sinceras desculpas pela demora.

Tanto quanto a Apple pode se dar ao direito de abandonar os Macs PowerPC na próxima versão do Mac OS X, achei por bem eliminar algumas linhas de Macs muito antigos, como iMacs G3 e PowerBooks G3. Creio que, com a base de preços atual, quem quiser vender algum computador dessas linhas ainda terá uma referência, comparando com outros modelos mais recentes.

A lista foi, também, bastante simplificada. O motivo disto é que há uma infinidade de modelos e características de todas as linhas de computadores Apple já existentes, e isso estava não só dificultando muito o nosso trabalho de atualização da tabela, como também gerando bastante confusão.

Esperamos, a partir de agora, mantê-la sempre em dia — prevemos dar uma passada geral nos números a cada 3 meses, pelo menos. De qualquer maneira, gostaria de lembrar-lhes de que esta tabela serve apenas de base para quem quer vender ou comprar Macs; os preços são muito variáveis e nossa pesquisa é pautada em números obtidos através de classificados e leilões online, além de informações de preços de revendas locais.

Ainda assim, pode haver variações nos preços praticados por vendedores, não só pela disparidade de preços mínimo e máximo de alguns dos modelos listados na nossa tabela, mas também porque o custo de venda é afetado sob diversos aspectos, desde adicionais e opcionais da máquina, até seu estado de conservação.

Desta forma, contamos com a compreensão de todos para que entendam que esta é uma iniciativa do MacMagazine que visa apenas ajudá-los e dar-lhes uma base mínima de preços, que não necessariamente precisa ser seguida à risca.

Sobre a atualização atual, contamos com o feedback de todos para nos avisarem se, por acaso, algum detalhe passou despercebido por nós ou se há algum número por lá que realmente não condiz com a realidade. Nos esforçaremos para que ela se mantenha como uma referência para os usuários de Mac no Brasil, tal como vem sendo até hoje.

Obrigado, pessoal! 😉

Posts relacionados

Comentários