Intel recomenda foco em desenvolvimento para processadores com múltiplos núcleos

A Intel discutiu recentemente em seu blog de pesquisas o direcionamento que desenvolvedores deverão tomar nos próximos anos. Anwar Ghuloum afirma que o futuro são processadores de múltiplos núcleos, então o ideal é que softwares sejam desenvolvidos com isso em mente — quanto maior a quantidade de cores suportados, melhor —, mesmo que o número seja superior ao dos processadores existentes hoje em dia.

“O conselho que eu tenho a oferecer é que desenvolvedores passem a pensar em dezenas, centenas e milhares de núcleos em seus processos e algoritmos. Isso deve começar numa das primeiras fases de desenvolvimento; normalmente, a lógica básica do aplicativo é influenciada porque ela direciona os comportamentos paralelos assintóticos”, afirma ele — seja lá o que isso signifique.

Intel Nehalem

Os processadores mais modernos já estão dentro da nova tendência de incorporarem múltiplos núcleos. Cada um deles age independentemente dos outros e pode, no final das contas, ser considerado como um processador individual.

Toda linha de computadores da Apple atual tem pelo menos dois núcleos (dual-core), mas o Mac Pro, por exemplo, já oferece hoje uma versão com dois processadores de 4 núcleos cada — um total de 8 cores num só computador.

A Intel em breve lançará uma nova linha de processadores Nehalem que suportará até 8 núcleos por processador. Se incorporados a uma futura geração de Macs Pro com dois processadores, em breve veremos o salto para 16 núcleos em um único workstation profissional da Apple.

O x da questão com relação aos processadores com múltiplos núcleos é otimização. Atualmente, dois processadores com um núcleo cada trabalham melhor do que um processador com dois núcleos, ou seja, a comparação não é 1 = 1. Por essas e outras, a Apple já anunciou um grande novo recurso (Grand Central) que virá na próxima versão do Mac OS X (Snow Leopard), focado exclusivamente na melhoria do processamento multi-core.

[Via: MacRumors.]

Posts relacionados

Comentários