Maioria dos aplicativos baixados na App Store são gratuitos

iPhone 3G na App StoreUma empresa de marketing fez uma pesquisa sobre a App Store com base nas avaliações que os usuários estão publicando sobre os aplicativos disponíveis, a fim de obter uma estimativa da demanda atual por aplicativos para iPhones e iPods touch, uma semana após o lançamento do iPhone 3G e do OS X iPhone 2.0.

Publicidade

Os resultados publicados mostram que poucos clientes se interessam por aplicativos pagos até o momento. Entre os dez mais bem avaliados da loja, apenas um — Super Monkey Ball, já comentado aqui no BLOG — é pago (US$9,99). Os demais são de entretenimento, redes sociais e jogos, que receberam ótimas avaliações dos donos de iPhones e iPods touch sem nenhum custo adicional.

“Quando um aplicativo recebe freqüentemente uma classificação média elevada, fornece um indício da sua real popularidade”, foi que o pessoal da Medialets — empresa de marketing que fez a pesquisa — disse ontem ao AppleInsider.

Publicidade

O preço médio dos aplicativos na App Store também diminuiu de forma considerável, uma semana após seu lançamento. Na “sexta-feira 11” (inventei isso agora!), esse valor médio era de US$6,03. Após uma semana em que foram lançados muitos outros, a maioria gratuitos, esse valor já caiu para US$5,47.

Gráfico da queda do valor médio de aplicativos na App Store

Gráfico da queda do valor médio de aplicativos na App Store: clique para ampliar

As estatísticas publicadas comprovam que o interesse dos clientes por aplicativos gratuitos será maior com o tempo. Na tabela abaixo, a categoria “redes sociais” da App Store é a mais dominada por eles, sendo que os poucos disponíveis como pagos são geralmente versões premium dos gratuitos.

Gráfico de preços da App Store baseado em categorias

Gráfico de preços da App Store baseado em categorias: clique para ampliar

Quanto aos aplicativos pagos, a pesquisa mostrou que a demanda é maior para jogos — seja a procura destes pelos clientes ou o interesse dos desenvolvedores. Dos 802 aplicativos que estavam disponíveis na loja até o último domingo, 27% são jogos e 21 deles estão disponíveis por US$10 ou menos.

Publicidade

É importante lembrar que nem sempre vender aplicativos caros na App Store é uma garantia de lucro. Por exemplo: para a Sega, o seu primeiro jogo para iPhone foi um sucesso maior que o esperado; estima-se que seus lucros na semana de lançamento superaram os US$4,9 milhões. No entanto, para o desenvolvedor do aplicativo meteorológico ForeFlight Mobile, os lucros foram menores: cerca de US$3,4 milhões, apesar do seu preço (US$70) e da enorme procura.

Nos últimos dias, naveguei um pouco pela App Store para ver o que os desenvolvedores estão exibindo e como está a avaliação por parte dos clientes. Em uma série de comentários, usuários relataram que alguns aplicativos não valem o preço cobrado, enquanto outros que surgiram com base nas Web apps (saibia que elas existem?) não possuem qualidade igual ou superior as mesmas.

Ninguém vai comprar aplicativos para seu iPhone ou iPod touch com base no seu preço, e sim nas suas necessidades e conteúdo. Ou alguém aí tá querendo pagar US$450 por um aplicativo de finanças da App Store que tem 0,4MB? 😉

Publicidade

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…