Desenvolvedores obtêm primeiros dados combinados de vendas da iPhone App Store

A iPhone App Store foi inaugurada em 11 de julho mas, inicialmente, não provia dados estatísticos de vendas/downloads para os desenvolvedores — alvo de diversas reclamações à Apple. Não demorou muito para a empresa arrumar uma solução para a falta, porém só agora, com o fechamento do 1º mês de funcionamento da loja, temos uma noção melhor do seu alcance/sucesso.

Publicidade

A desenvolvedora tap tap tap publicou números de vendas de 11 de junho a 02 de agosto dos seus aplicativos Where To? e Tipulator. Eles custam US$2,99 e US$0,99, respectivamente, na App Store.

O Where To? utiliza o sistema de GPS dos iPhones 3G para ajudar usuários a achar coisas interessantes que estejam por perto. Só ele gerou US$50.597,40 em faturamento líquido, após o corte de 30% da Apple. E isso é só para você ter uma idéia de como que as coisas vão, uma vez que o programa encontra-se somente entre os 50-70 no ranking de aplicativos pagos. No geral, ele está entre os 300 mais populares.

A Mint Apps é outra pequena desenvolvedora de aplicativos para iPhones e revelou números do Mint Nutrition (US$4,99 na App Store). Ele gerou US$1.900 em faturamento líquido, mas só foi colocado no ar no dia 21 de julho; até 02 de agosto, foram apenas 12 dias de vendas. Ele só está entre os 800 aplicativos mais populares e nem sequer entrou na lista dos Top 100 pagos. Ainda assim, trata-se de uma média de 45 vendas por dia (equivalente a US$158/dia).

John Casasanta, desenvolvedor da tap tap tap, afirma que a posição no ranking influencia bastante os números de vendas dos softwares. Ele afirma que enquanto o Where To? estava entre os 50 mais populares, as vendas eram bem maiores. O problema é que a App Store só mostra os 50 primeiros na sua lista dos mais populares, algo que talvez a Apple tenha que repensar.

Publicidade

E pensar que ainda tem gente fazendo dinheiro com aplicativos gratuitos…

[Via: MacRumors.]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…