Menino de 14 anos mata garota de 10 por causa de iPod

iPod mata, mas nunca imaginei que desta forma: um “rapaz” de 14 anos poderá ser condenado a dez anos de internamento num centro de detenção juvenil por ter assassinado uma menina de 10 na semana passada, em Seuri, na Índia.

De acordo com o site de notícias português Sol, ele a teria empurrado de uma ponte de 9 metros de altura após ela ter se negado a entregar-lhe o aparelho.

Um agente policial constatou um absurdo: “Foi um homicídio intencional.” Peraí, gente. Ninguém duvida que o menino tenha empurrado a menina intencionalmente num momento de fúria, mas desde quando um moleque de 14 anos tem qualquer consciência do que está fazendo ou das conseqüências do seu ato?

O diretor da escola que os dois menores freqüentavam ainda fez um apelo aos pais, para não permitirem que seus filhos levem iPods e telefones celulares para aulas — como se isso fizesse alguma diferença. O mesmo menino a teria empurrado se ela tivesse negado entregar-lhe um iPod, iPhone, sorvete de casquinha ou boneco dos Cavaleiros do Zodíaco (ok, estou meio enferrujado). São crianças, pelo amor de Deus!

Quanto à tragédia, não há o que comentar. Que coisa besta… 🙁

[Dica do Edson Andrade, obrigado!]

Posts relacionados

Comentários