Apple é processada por usuária que contesta performance do iPhone 3G

Uma mulher do estado do Alabama — nos Estados Unidos — entrou com um processo contra a Apple, alegando que a rede do iPhone 3G é mais lenta do que o prometido. A reclamação de Jessica Alena Smith diz que a empresa violou uma garantia de serviço e está “se beneficiando injustamente”.

Por todo o seu documento — de 10 páginas —, Smith refere-se ao aparelho como o “iPhone 3G Defeituoso” e afirma que a campanha publicitária da Apple é enganadora. “O iPhone 3G não é duas vezes mais rápido pela metade do preço”, diz ela, explicando que seu telefone só consegue se conectar à rede 3G da AT&T uma vez a cada quatro tentativas.

Mesmo com o recente update liberado pela Apple, consumidores continuam se queixando de problemas de conectividade e instabilidade na rede dos iPhones 3G enquanto realizando ou recebendo chamadas.

Smith exige que a Apple repare ou substitua todos os telefones defeituosos e ressarça os consumidores por quaisquer danos, com juros e taxas do processo na justiça.

Posts relacionados

Comentários