CUDA 2.0: novo software NVIDIA aprimora performance do Adobe Photoshop

A NVIDIA disponibilizou na última sexta-feira o CUDA 2.0, a mais nova versão do seu ambiente de desenvolvimento em C para unidades de processamentos gráficos (graphics processing units, ou GPUs).

O CUDA permite que Macs e PCs equipados com alguns processadores gráficos da empresa direcionem o processamento de determinadas informações para a placa gráfica, ao invés da CPU. A depender da complexidade da tarefa, os mecanismos de processamento paralelos das placas gráficas da NVIDIA são mais do que bem-vindos.

Se você está acompanhando nossos últimos artigos sobre o Mac OS X 10.6 Snow Leopard, o parágrafo anterior deve ter soado bastante familiar. Isso porque a Apple está, de fato, trabalhando em tecnologia semelhante ao nível do sistema, a partir de num novo padrão chamado OpenCL. O CUDA promete algo parecido e já está disponível — trata-se de uma implementação da própria NVIDIA de uma tecnologia chamada General-Purpose Computing on Graphics Processing Units (ou, simplesmente, GPGPU).

O conjunto de ferramentas CUDA 2.0 oferece suporte ao Mac OS X, além de Windows 32 e 64 bits. Ele já acompanha um exemplo de plugin para o Photoshop com o seu código-fonte, facilitando o trabalho de desenvolvedores criarem filtros e técnicas de imagens avançadas compatíveis com o poderoso editor gráfico da Adobe.

Posts relacionados

Comentários