Google Chrome vs. Mozilla Firefox: round 2!

O Rafael nos mostrou ontem testes realizados entre o Google Chrome, o Firefox e o Internet Explorer. Na ocasião, o Google Chrome mostrou-se bem superior, graças ao seu novo interpretador de JavaScript — o chamado V8. Porém, a Mozilla também tem sua carta na manga, com o nome de TraceMonkey. Ele acaba de chegar às versões de teste do Firefox, chamada carinhosamente de Minefield (Campo Minado).

Publicidade

Como o Chrome ainda é um navegador beta, nada mais justo do que fazer uma comparação com navegadores em fase de testes. Neste comparativo, reuni três deles: Chrome, Minefield e Internet Explorer 8 Beta 2, que foram submetidos a três testes — SunSpider JavaScript Benchmark, Celtic Kane e Acid3.

Os testes foram realizados em um PC com processador Intel Core 2 Duo de 1.83GHz, com 2GB de RAM e uma conexão com 3Mbps de banda.

Publicidade

SunSpider JavaScript Benchmark: este consiste em uma série de scripts — dos mais variados tipos — que são executados cinco vezes em seqüência para efeitos estatísticos.

Gráfico comparativo de desempenho no SunSpider
Gráfico comparativo de desempenho no SunSpider (tempo em milissegundos)

Neste teste, o Minefield levou a melhor com uma vantagem considerável — no meu MacBook, ele chega a 1845ms. O Chrome teve um bom desempenho com o V8, mas o TraceMonkey dá a vitória ao Minefield. Como era esperado, o desempenho do Internet Explorer foi medíocre!

Celtic Kane Speed Test: este é bem simples. Trata-se de uma série de oito scripts diversos que são executados, para posteriormente ser gerada uma média final.

Gráfico comparativo de desempenho no Celtic Kane
Gráfico comparativo de desempenho no Celtic Kane (tempo em milissegundos)

Aqui, novamente, o TraceMonkey repete seu desempenho superior. Porém, ao ser executado diversas vezes, o Celtic Kane também evidenciou uma certa instabilidade no desempenho do mesmo, pois diversas vezes o TraceMonkey teve resultados acima de 1000ms, enquanto o Chrome registrou um desempenho bem mais constante — embora na maioria das vezes ligeiramente inferior. IE? Sem comentários…

Acid3: este realiza não apenas teste em JavaScript, mas também em DOM Level 2 e alguns testes em SVG.

Gráfico comparativo de desempenho no Acid3
Gráfico comparativo de desempenho no ACID3 (maior é melhor)

Novamente, o Minefield levou a melhor neste teste, não apenas com uma pontuação maior, mas com uma animação mais suave que o Chrome. O Internet Explorer quase não conseguiu realizá-lo, tendo travado durante um certo tempo em 11/100 e depois finalmente passado a 21/100.

Com a chegada do Google Chrome, o mercado de browsers promete esquentar ainda mais. Quem ganha com isso somos nós, usuários, é claro!

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…