Apple acorda conjunto de ações judiciais de anos atrás por US$14 milhões

A Apple e alguns dos seus executivos e diretores — incluindo o próprio CEO Steve Jobs — concordaram em uma série de ações judiciais relacionadas a ações da companhia por US$14 milhões, sem contar custos e taxas legais, que somam mais US$8,5 milhões, aproximadamente. A empresa também aceitou algumas mudanças gerenciais corporativas.

Entre os nomes envolvidos no processo, estão o ex-CFO Fred Anderson, o atual CFO Peter Oppenheimer, o atual COO Timothy Cook, a ex-conselheira geral Nancy Heinen, o atual vice-presidente sênior Ronald Johnson, os ex-vice-presidentes sêniores Mitchell Mandich, Jonathan Rubinstein e Avadis Tevanian Jr., e os membros da diretoria William Campbell, Millard Drexler, Arthur Levinson e Jerome York.

Uma audiência final será realizada no dia 31 de outubro, mas o caso já foi aprovado preliminarmente pelo juiz Jeremy Fogel.

Posts relacionados

Comentários