Chip Bluetooth dos iPods touch é o receptor Nike+; conheça a mais nova patente da Apple

O Nelsão acertou em cheio: o chip Bluetooth 2.1+EDR Broadcom BCM4325 encontrado nos novos iPods touch é, de fato, o comunicador/receptor Nike+ integrado. Ocorre que o componente é baseado num protocolo de comunicação de 2.4GHz chamado ANT — que utiliza uma freqüência bem próxima da tecnologia Bluetooth.

Falando em Nike+, a Apple acaba de solicitar uma patente que revelou um futuro Nike+ “anabolizado”. Os documentos tratam de uma série de novas tecnologias, incluindo até mesmo GPS integrado ao tênis e sensores que lhe dirão quando que é hora de passar numa loja da Nike e comprar um par novo.

Uma das funcionalidades do GPS seria a de definir pontos de parada interessantes para o usuário — como banheiros, lanchonetes, mirantes etc. Desta maneira, enquanto estivesse se exercitando, a pessoa poderia ser “informada pelo tênis” quando se aproximasse de alguns desses locais e, a partir daí, decidiria se faria uma parada estratégica ou não.

Trabalhando com outras empresas, evidentemente, o sistema poderia ser utilizado para veicular propagandas para a pessoa a partir da sua localização geográfica — só não cairia bem uma churrascaria fazer um anúncio para os que estão se matando pra perder dois quilinhos que sejam, é claro.

Aspectos sociais também estão sendo desenvolvidos nesta nova versão do Nike+, de maneira que seus sensores se conectariam à internet e possibilitariam comparações das conquistas dos atletas com outros usuários. A interação poderia ser feita em tempo real, ao vivo, ou então via colaborações virtuais.

A tecnologia poderá contribuir, também, para uma avaliação técnica e empírica dos tênis, determinando seu tempo de duração/utilização vs. um determinado modelo/design. Além disso, permitirá que o usuário determine características específicas de produtos a partir do seu tempo de utilização e/ou distâncias percorridas.

Como sempre, a Apple não tem obrigação de utilizar e lançar quaisquer das suas invenções; pedidos de patente como este podem ou não indicar futuros projetos a serem anunciados e disponibilizados pela empresa e, neste caso em especial, nem precisa restringir-se a tênis da Nike, uma vez que uma série de outras fabricantes de acessórios esportivos já desenvolveram cases e compartimentos para o uso do mesmo sensor.

Os créditos para as invenções descritas neste documento vão para Bob Borchers, diretor sênior de marketing de produtos da linha iPhone, da Apple.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…