Disponibilidade do iPhone 3G pela Claro, segundo Apple Brasil; eventos de amanhã

Diversos leitores descobriram hoje, visitando a página do iPhone no site da Apple Brasil, que ela passou a dizer que o aparelho já está disponível para compra “em todas as lojas Claro do Brasil”:

O estranho é que a página foi atualizada apenas informando a disponibilidade do celular da Apple em todas as lojas da Claro — e não em algumas, como imaginávamos. A Vivo ficou fora da jogada, sendo que só sabemos que ele estará (note o verbo no futuro) disponível nas melhores lojas do país.

A Reuters acaba de publicar um artigo não só confirmando o evento da Claro de amanhã, como revelando que a Vivo marcou um coquetel/festa/coletiva para o mesmo dia e hora. A concorrência tá braba, apesar de que, pelo que sabemos até hoje, os preços de ambas estão completamente fora da realidade aguardada pelo “povão” (e não apenas pelos que passeiam na Daslu nos domingos à tarde).

Segundo o site RG Vogue (fonte da imagem acima), a Vivo realizará uma festa no Iguatemi de São Paulo. Clientes “especiais” foram convidados para receber o iPhone 3G em primeira mão. “A direção criativa de todo o evento leva a assinatura da Pazetto Events Consulting”, diz o site de moda. Me soa algo tão elitizado quanto o evento da Claro marcado na Daslu. Aos poucos, fica claro o público-alvo das operadoras… (decepção!)

No lado da operadora da bola vermelha, aparentemente um evento também foi marcado para os cariocas, no Jockey Club. De acordo com O Globo Online, assinantes do plano de 500 minutos da Claro (R$299/mês) poderão comprar o iPhone 3G de 16GB por R$2.200 (em até 10 vezes sem juros no cartão de crédito). Já o modelo de 8GB sairia por R$1.700. O contrato é de 12 meses (conforme regras da ANATEL) e o prazo de entrega dos aparelhos estaria previsto para duas semanas.

Há algum tempo, a Claro fez uma alteração na sua rede e modificou a forma como seu nome aparece em iPhones (e, provavelmente, em outros telefones celulares). Anteriormente, apenas “Claro” era mostrado; agora, ela indica “CLARO BR”. Alguns leitores nos reportaram, também, que o iTunes solicitou uma suposta “atualização dos ajustes da operadora”, mas ninguém soube explicar o que isso realmente afetou nos aparelhos, além de algumas novas opções de telefones no menu de serviços encontrado em Ajustes » Telefone.

Fontes nos afirmam que ao menos a Claro já está preparada para oferecer recursos especiais que dependem da operadora no iPhone, como Visual Voicemail (secretária eletrônica visual). Espera-se, porém, de acordo com os níveis de exigência da Apple, que na Vivo a coisa funcione da mesma forma.

Outro ponto preocupante é que, apesar das redes 3G de ambas já estarem em funcionamento, se lá fora o bicho pegou, será que elas já estão preparadas para o volume de tráfego de dados causado pelo iPhone? Bom, se pensarmos melhor, com esses preços exorbitantes e planos de dados tão limitados, quem sabe isso nem será motivo de “auê”.

Pior: apenas 2.000 unidades chegaram ao Brasil para o lançamento — ou seja, 1.000 de cada operadora. Junte tudo isso com tamanha confusão e desconexão de informações e, no final, a conclusão é de que nós, “meros mortais”, teremos que esperar toda essa poeira baixar para só então sonharmos em pôr a mão num iPhone 3G “legitimamente tupiniquim”. Bom seria se Vivo e/ou Claro tivessem uma surpresa pra nós, daqui até esta sexta…

[Agradecimentos ao Lucas Yukio, Ricardo Freire, Gabriel Tadeu Oliveira, AndreKrieg e ao Fabrício R. Lacerda.]

Posts relacionados

Comentários