AMD se dividirá em duas companhias

As primeiras informações sobre o assunto surgiram nos últimos dias e parece que agora começam a se concretizar. A Advanced Micro Devices (AMD) anunciou que se dividirá em duas companhias a partir da venda de 56% das suas fábricas para Abu Dhabi — capital dos Emirados Árabes Unidos —, numa transação de cerca de US$700 milhões em dinheiro.

A chamada Foundry Company passará a controlar as duas fábricas da AMD na Alemanha, além de uma nova que ainda está sendo projetada para construção em Nova York. Pelo menos US$3,6 bilhões (ou até US$6 bilhões) serão investidos na expansão de fábricas e novas construções, sem falar em US$1,4 bilhão iniciais investidos em capital operacional.

Além de produzir chips para a AMD, a Foundry Company trabalhará para firmar contratos de produção com outras companhias. A AMD, por sua vez, passará a se focar no design de chips e trabalhos profundos de marketing. Doug Grose, executivo da AMD, se tornará CEO fundador da Foundry Company e o ex-CEO da AMD, Hector Ruiz, deixará a diretoria dela para se tornar presidente da nova empresa. Cerca de 3 dos 16 mil empregados da AMD irão para a Foundry Company.

Dirk Meyer, CEO da AMD, explicou que a divisão significará que sua companhia conseguirá desenvolver novos produtos sem ter que investir bilhões de dólares em novas tecnologias de fabricação de chips ou estruturas de produção. “Este é o maior anúncio da nossa história. Ele tornará a AMD forte financeiramente e ainda mais focada”, disse ele. A mira, é claro, é a Intel.

[Via: The INQUIRER.]

Posts relacionados

Comentários