Psystar diz que Apple não pode acusá-la por não ter registrado o Mac OS X (quá!)

Não é possível: a Psystar deve ter contratado um time reserva de advogados. A fabricante de clones de Macs declarou hoje que a Apple não pode acusá-la por não ter registrado (garantido o copyright) do Mac OS X Leopard no Escritório de Copyright Norte-Americano.

Psystar HQ

Antes de mais nada, que fique claro: ninguém precisa registrar nada para ter os direitos autorais sobre criações. O simples fato de ter desenvolvido e publicado o Leopard já faz da Apple detentora sobre suas invenções, códigos, símbolos, marcas, interface, softwares embutidos, enfim. Esses caras estão o quê? Metralhando pra todo lado?

E, ainda assim: se isto aqui não é um registro do Mac OS X 10.5 Leopard — datado de 24 de janeiro de 2008 —, eu não sei o que é. Os caras fizeram pelo menos uma busca antes de darem a cara à tapa com uma acusação como essa?

Psystar? FAIL!

Posts relacionados

Comentários