Irresponsavelmente, Gizmodo mais uma vez publica artigo afirmando que saúde de Steve Jobs está “piorando rapidamente”

As ações da Apple chegaram a cair quase 4% nesta terça-feira (depois de três dias de altas sucessivas, diga-se de passagem) após o Gizmodo publicar um novo “rumor” afirmando que a saúde do CEO Steve Jobs estaria “piorando rapidamente”. Segundo eles, “a notícia inevitável será dada ainda nesta primavera [do hemisfério norte].” A Apple, evidentemente, não comentou o assunto, deixando claro mais uma vez que a diretoria da empresa não esconderia uma informação do tipo.

De acordo com o Gizmodo, uma “fonte segura” (anônima, evidentemente — me pergunto se isso não pode gerar um processo contra os caras?) garante que a saúde de Jobs foi o motivo pelo qual a Apple cancelou sua participação em futuras Macworld Expos. Jim Goldman, da CNBC, mais uma vez obteve uma confirmação da empresa: a Apple está deixando a Expo por não desejar mais investir em eventos do tipo, o que inclui a keynote de Steve Jobs.

Steve Jobs e uma maçã

Uma coisa é fato: se por algum motivo a Apple decidiu mentir para o mundo sobre a saúde do seu CEO de maneira a manipular o valor de suas ações, muita gente poderá ir para a cadeia. Além do mais, a saúde de Jobs é um assunto pessoal, que não diz respeito a grandes veículos de comunicação ou blogs, quaisquer que sejam, nem mesmo a investidores ou ao grande público.

Acho que está na hora de o mundo começar a levar menos a sério esse tipo de rumor, até que algo oficial venha de Cupertino. Por enquanto, tudo continua na mesma.

Posts relacionados

Comentários