Microsoft idealiza modelo de PCs “pague-o-quanto-usa”

Logo na entrada da Microsoft

Não é novidade que existam PCs no mercado altamente subsidiados, tal como smartphones. Todavia, um pedido de patente recente da Microsoft promete levar a idéia ainda mais à frente, oferecendo computadores com “componentes de performance escalonáveis” e softwares selecionáveis pelo usuário. Isso significa que a pessoa pagaria apenas pelos recursos que fosse realmente utilizar, podendo adicionar performance gráfica, RAM ou mais armazenamento interno, por exemplo, sempre que quisesse ou necessitasse.

Publicidade

Logo na entrada da Microsoft

A assinatura seria, portanto, mais cara a depender do uso que a pessoa necessitar da máquina. O projeto já contempla a oferta de pacotes de utilidade, como suítes de escritório/produtividade, jogos ou apenas navegação pela internet. Outros, mais avançados, poderiam envolver o uso de bancos de dados ou softwares de modelagem 3D.

O sistema seria totalmente protegido, equipado com um módulo de segurança e um agente de monitoramento que o travaria para fornecedores específicos de hardware, além de uma série outras restrições.

Publicidade

Será que isso vai pra frente?

[Via: DailyTech.]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…