Werck lança Checkout Server, extensão dedicada a servidores do seu sistema de ponto de venda

Ícone do Checkout ServerVocê se lembra do Checkout, um sistema completo de caixa e controle financeiro para pontos de venda, que comentamos no MacMagazine há alguns meses? Pois então, a Werck aproveitou a Macworld Expo 2009 para atualizá-lo para a versão 2.3 e trouxe ainda um software de extensão especial para ele, o Checkout Server, que permite centralizar o banco de dados de uma loja grande para facilitar a conexão e configuração em várias máquinas de uma vez.

A novidade é baseada no conceito set it and forget it: após o aplicativo ser instalado e o banco de dados da sua loja estar configurado em uma máquina dedicada — um iMac topo-de-linha ou um Mac Pro, por exemplo — conectada a um rede, até 40 usuários podem se conectar a ela na mesma rede (com ou sem fio), acessando todas as informações sem precisar manter nada localmente.

Checkout Server - Funcionamento

A administração é feita totalmente na máquina dedicada, que não precisa nem de servidor dedicado ou nada do tipo (a depender das necessidades): uma rede comum, configurada por meio de uma AirPort Extreme, dá conta do recado com folga, já que nela podem se conectar até 50 máquinas.

Além disso, um sistema de backup permite que cópias de segurança do sistema de uma loja sejam feitos com qualquer tipo de agendamento e elas podem ser executadas a qualquer hora, sem interromper o trabalho das máquinas cliente, mesmo que os empregados estejam conectados. Sem falar que agora é mais fácil manter os dados seguros, mesmo que você precise configurar outro Mac para espelhar o seu sistema.

Tanto o Checkout 2.3 quanto o novo Checkout Server estão disponíveis hoje. A extensão para configuração do “servidor” é gratuita, mas é preciso que cada cliente rode o novo aplicativo — 329 euros por cliente, atualização gratuita caso já rodem a versão 2.x.

[Via: Macworld.]

Posts relacionados

Comentários