Wired retira vídeo-tutorial do hackintosh a pedido da Apple [atualizado]

A Wired confirmou o recebimento de uma carta da Apple solicitando a retirada de um artigo do blog Gadget Labs que explica, através de um vídeo, como ter o Mac OS X rodando num netbook MSI Wind. A Apple, que contatou a publicação através da divisão Conde Nast, teve seu pedido atendido e o vídeo foi retirado do site.

14-wired-hackintosh

Brian Chen demonstra no seu artigo — postado em primeiro de dezembro último — , como instalar uma versão “ilegal e hackeada” do Mac OS X em um PC. Era óbvio que isso colocaria a publicação em maus lençóis com o departamento legal da Apple.

A Wired, apesar de ter retirado o vídeo, ainda mantém o artigo original disponível para leitura enquanto estuda meios de evitar a sua proibição. Ela reconhece que a prática é ilegal e que requeria a instalação de software modificado, mas estabeleceu um link para uma fonte onde poderia ser obtido esse software — no caso, o conhecido site de torrents The Pirate Bay.

Entretanto, ela advertiu que isso potencialmente violaria o Acordo de Licença de Uso para o usuário final e sugeriu aos interessados possuir uma cópia legal do Mac OS X.

A Apple tem até tolerado de forma gentil a disseminação da comunidade “hackintosh” após ter adotado a plataforma Intel, talvez porque não se tratar de uma ameaça comercial — atitude bem diferente da situação vivida com a Psystar, em que ela mostra as suas garras para defender os direitos sobre o seu sistema operacional.

Confira abaixo o vídeo feito por Chen:

[Via: CNET.]

Atualização (14/1/09 às 23h30): essa foi rápida. A Apple já conseguiu retirar o vídeo que estava disponível no YouTube… Sorry, guys.

Posts relacionados

Comentários