Microsoft reporta resultados financeiros do seu segundo trimestre fiscal de 2009; anuncia demissões de cerca de 5.000 empregados

A Microsoft anunciou agora há pouco seus resultados para o segundo trimestre fiscal de 2009, junto com a eliminação de cerca de 5.000 vagas de emprego (o equivalente a 5% da sua força de trabalho) nas áreas de Pesquisa e Desenvolvimento, Marketing, Vendas, Finanças, Judiciário, Recursos Humanos e Tecnologia da Informação.

As demissões ocorrerão dentro dos próximos 18 meses, mas 1.400 delas já serão comunicadas hoje. A expectativa é que o corte reduza os custos anuais de operação da companhia em cerca de US$1,5 bilhão.

Logo da Microsoft

De acordo com a gigante de Redmond, seu faturamento caiu 8% em conformidade ao enfraquecimento do mercado de PCs e ao fortalecimento do segmento de netbooks de baixo custo. A receita em Diversão e Aparelhos subiu 3%, devido a uma alta demanda do Xbox 360 durante o período do Natal, que registrou um recorde de 6 milhões de unidades vendidas no trimestre.

No geral, a empresa reportou um lucro líquido de US$4,17 bilhões, ou US$0,47 por ação diluída — com um faturamento de US$16,63 bilhões. No momento deste post, as ações da Microsoft (MSFT) caíam 7,69%, valendo US$17,87 cada.

Posts relacionados

Comentários