iPhone App Store promove “boom” no mercado de jogos

Steve Jobs e App Store: boom!

Ao que parece, a indústria de jogos para dispositivos móveis e smartphones nunca mais será a mesma, depois da entrada da Apple e o lançamento da iPhone App Store. Segundo um recente relatório da comScore, a taxa de downloads de títulos para esses dispositivos cresceu 17% no último ano.

Steve Jobs e App Store: boom!

A comScore faz questão de ressaltar que esse crescimento aconteceu principalmente devido às taxas apresentadas por usuários de iPhones e iPods touch, que atingiram valores de 32,4% em comparação à média de 3,8% do mercado em geral — um marco significativo, se levarmos em conta que a App Store só tem seis meses de vida.

Embora possa ser uma surpresa para alguns, o que o relatório aponta não deve ser nenhuma novidade para desenvolvedores e profissionais de marketing que acompanham a performance das vendas e do número de downloads de apps — talvez algo mais próximo de uma confirmação oficial.

É difícil apontar um razão específica para o sucesso dos jogos na App Store, mas é fato que a Apple conseguiu criar em torno de dois produtos que ela mesma ajudou a se tornarem indispensáveis hoje em dia — como o celular e o MP3 player — um ecossistema equilibrado, seja para o desenvolvimento de jogos — que se beneficiam do acelerômetro, da tela touchscreen, das capacidades gráficas 3D, do sistema de distribuição centralizado num único aplicativo ou da facilidade na produção graças ao SDK (kit de desenvolvimento) liberado gratuitamente — ou seja, para explorações de novas formas de entretenimento e marketing.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=s2B-imDnj94[/youtube]

Outra prova incontestável do sucesso que esse ambiente retro-alimentado criou é o número de apps, que não para de crescer. Se em janeiro publicamos aqui no MacMagazine a marca de 15 mil disponíveis na loja, neste momento o site AppShopper apresenta-nos um total de 17.738 programas na App Store.

É fato que ainda existem algumas reclamações por parte de desenvolvedores em relação à loja, mas assim como sua irmã maior, que depois de um tempo se flexibilizou para atender a demandas das gravadoras, é possível que novas mudanças ocorram no futuro. Assim como mudanças radicais aconteceram na indústria fonográfica com a introdução da música digital, é bem provável que muitas surpresas nos aguardem assim que a indústria de jogos se ambientar melhor e tiver ao seu dispor dispositivos cada vez mais poderosos.

Como exemplo pessoal, eu compartilho com vocês que um iPod touch de 32GB aposentou o meu Nintendo DS — que agora amarga o esquecimento dentro do armário — e tem me despertado novamente a alegria de passar umas boas horas jogando a esmo. E para citar somente os títulos gratuitos que não pestanejei em baixar, aqui vão alguns dicas: Rhino Ball — que promove o filme Bolt; o Audi A4 Drive Challenge — da famosa marca de carros alemã; e o Super Monkey Ball Lite — da Sega.

Só espero que esses números também inspirem os desenvolvedores e a Apple a lançarem novos jogos para a família Mac.

[Via: InformationWeek.]

Posts relacionados

Comentários