Previsão de lançamento dos novos processadores Intel Xeon sugere lançamento do novo Mac Pro no início do segundo trimestre

Como as vendas de desktops não foram muito boas durante o último trimestre fiscal, a expectativa de novidades da Apple nessa área a partir das próximas semanas é muito grande. Os rumores mais recentes apontam para o lançamento de um novo Mac Pro em breve, já que a Intel está prestes a lançar o seu novo Xeon octo-core, baseado na arquitetura Nehalem EP.

Mac Pro

Apesar de muitos estarem apostando em muito mais por trás dessa atualização do que apenas o processador, informações obtidas pelo Fudzilla indicam que os novos chips previstos para lançamento durante este mês apenas estarão disponíveis para venda a partir de 29 de março. Assim, especula-se que o novo Mac Pro esteja disponível em uma data posterior a essa, já que é difícil acreditar em um lançamento simultâneo.

De fato, é oficial que os novos processadores são muito mais rápidos que os anteriores, sendo capazes de fazer até 160 pontos em testes realizados com operações de ponto flutuante (floating point), contra 90 dos atuais chips Penryn de quatro núcleos, ou seja, o aumento na performance é de pelo menos 77,8%. Estima-se que eles estarão disponíveis em quatro modelos, com velocidades de clock variando entre 2,66 e 3,2GHz.

O modelo topo-de-linha (3,2GHz) possui preço sugerido de US$1.557 — considerando apenas a montagem de um sistema do zero — e traz 8MB de cache (para cada par de núcleos) e o novo Quick Path Interconnect com largura de banda de até 6,4GB/s. Como já mencionei antes, ele substitui a front-side bus, oferecendo maior espaço para o fluxo de dados entre os componentes da máquina e permitindo uma quantidade maior de cache por par de núcleos do que o máximo oferecido atualmente (6MB).

Fora o seu par de processadores, não se sabe o que mais a Apple poderá incluir no hardware do novo Mac Pro. Enquanto nenhum rumor concreto aparece, encontrei nos fóruns do MacRumors um tópico detalhando as especificações que possivelmente estarão por trás do desktop mais caro da Apple. Claro que a fonte é puramente especulativa, mas ela sugere alguns itens indicados pelo Rafael na última enquete que realizamos, como duas portas FireWire 3200 no lugar das 400, Dual 10 Gigabit Ethernet e opções de gráficos mais parrudas, como a GeForce GTX 280 com 1GB de memória ou até quatro GPUs ATI Radeon 4670 — supostamente confirmada por arquivos de configuração encontrados no Mac OS X.

Posts relacionados

Comentários