Como previsto, Google Calendar também ganha modo offline via Gears

Bastaram alguns poucos dias para o Google Calendar seguir a onda do Gmail e implementar o Gears, possibilitando navegação e visualização de itens em modo offline. Por enquanto, porém, a novidade só está disponível para clientes Google Apps — algo surpreendente, diga-se de passagem, visto que novos recursos normalmente chegam (muito tempo) depois ao Google Apps, e não antes.

Inicialmente, o Google Calendar em modo offline só permite que o usuário veja (e imprima, se for preciso) eventos e compromissos já agendados. Não é possível criar novos itens, nem editar os já existentes.

Google Calendar offline

Os interessados na funcionalidade devem clicar no novo link “Offline Beta”, localizado no canto superior direito da interface do Google Calendar, logo ao lado do username. Quando for habilitado pela primeira vez, o recurso realizará todo o processo de sincronismo dos dados.

O Gears — requisito para uso dos serviços offline do Google — está disponível para download gratuitamente em versões para o Firefox, Safari e Internet Explorer, nas plataformas Mac OS X, Windows e Linux. O Google Chrome possui a tecnologia embutida nativamente.

[Dica do Bruno Bezerra, obrigado!]

Posts relacionados

Comentários