Motorola manterá unidade de celulares ativa; aparelhos com o Windows Mobile 7 só virão em 2010

Desde que a Motorola se dividiu em duas empresas, muito se falou sobre a sua saída definitiva do mercado de celulares, porém rumores de um concorrente do iPhone e do seu primeiro smartphone com o Google Android apontavam para um último gás de reerguida na companhia.

Motorola com Google Android

Nesta semana, depois de divulgar um prejuízo de US$3,6 bilhões no quarto trimestre fiscal de 2008, o co-CEO da empresa, Sanjay Jha, afirmou que a unidade continuará ativa, porém um modelo de celular com o Microsoft Windows Mobile 7 só virá em 2010 — diante da própria previsão de disponibilidade do sistema operacional em si.

Ainda que esteja trabalhando junto ao Google, não se sabe, por enquanto, quando sairá o primeiro Motorola powered by Android. Sanjay garantiu, ainda, que isso não significa que sua empresa estaria se desvincilhando da gigante de Redmond, porém ela não é prioridade no momento, visto que o Android estaria em uma posição mais competitiva em 2009.

Posts relacionados

Comentários