Correios barram planos do Joaquim Venancio e obrigam retirada do brMail e brMail Pro da App Store

Brasil… meu Brasil, brasileiro…

brMail suspenso pelos CorreiosNem três dias pôde ficar no ar o aplicativo brMail, do Joaquim Venancio, divulgado pelo MacMagazine em primeira mão no final de janeiro. O desenvolvedor, contatado hoje cedo pelos Correios, foi obrigado a cancelar seu projeto — inclusive a versão Pro, evidentemente — imediatamente e retirá-lo da iPhone App Store.

O Joaquim me explicou que, segundo a pessoa que o ligou, “há uma lei postal [que ele desconhecia] que cede os direitos dos números de CEP para a ECT”. Com isso, o aplicativo não só foi tirado da loja da Apple, como o seu sistema de comunicação com o componente dos Correios do provedor Locaweb (que hospeda o seu site) também foi desligado.

“Eu, como 99,9% da população, não sabia que para divulgar CEPs — algo de domínio público — era preciso pagar uma licença”, disse o Joaquim. “Estou muito desapontado, mas fazer o quê? Só espero que eles disponibilizem um programa de graça com estas funcionalidades. Se os Correios se interessarem pelo meu trabalho, terão que investir pesado.”

O foco do Joaquim agora será projetos comerciais. Depois desse caso, ele nem sonha mais em se envolver com softwares de utilidade pública. Quem quiser consultar CEPs, endereços, preços e rastreamento de encomendas, portanto, deve continuar usando o site oficial dos Correios; e só. Clap, clap, clap.

Posts relacionados

Comentários