Mac OS X Snow Leopard trará navegação por pastas em stacks e comando “Put Back” para o Lixo

Enquanto a Apple alega que os destaques da próxima versão do Mac OS X estarão muito mais “por baixo do capô” do que na real experiência de usuário, alguns detalhes encontrados por desenvolvedores mostram que teremos pequenas mudanças notáveis em recursos da sua interface e até em alguns aplicativos e utilitários.

Stacks no Snow Leopard

Duas delas foram documentadas hoje pelo MacRumors, baseadas em relatos de pessoas com acesso aos betas do Snow Leopard. Segundo elas, a Apple implementou no último build um modo de navegação por pastas nas pilhas (stacks) criadas do lado direito do Dock. Ao abrir uma delas e clicar sobre uma pasta, o seu conteúdo é exibido no mesmo lugar, ao invés de ela ser aberta direto no Finder:

A imagem acima é apenas um mockup da funcionalidade. O que os desenvolvedores relatam é que, ao clicar sobre uma pasta em uma stack aberta no modo grade (“Grid”), o seu conteúdo ocupa o espaço atual, enquanto a anterior é levemente redimensionada e reposicionada no canto superior esquerdo. Assim, o usuário pode voltar a ela com um clique enquanto o sistema mantém um histórico dos acessos, então se você for clicando em várias pastas de uma vez, você poderá voltar para a anterior por meio do botão no canto superior esquerdo e, se precisar ir para a posterior, poderá utilizar um outro botão, no canto superior direito.

O Lixo (Trash) também foi alvo de novidades no último beta do Snow Leopard. Se algum de vocês usou o Mac OS 9, sabe da existência do velho comando “Put Away” atrelado a um menu contextual no ícone da lixeira, que servia para restaurar todos os arquivos presentes dentro dela para as respectivas pastas de onde foram excluídos. O recurso ficou de fora na transição para o Mac OS X, mas nos builds recentes da sua próxima versão ele pode ser encontrado novamente, mas com outro nome (“Put Back”). Assim, você será capaz de restaurar arquivos deletados com um clique.

Obviamente, isso não funciona se o Lixo já tiver sido esvaziado; se for este o caso, apenas com o Time Machine mesmo.

Posts relacionados

Comentários