CNET publica benchmarks do Safari 4 Public Beta: 42 vezes mais rápido que o IE!

Mais do que dicas e macetes, o que eu mais esperava desde o lançamento do Safari 4 Public Beta eram benchmarks de performance. E a CNET UK acaba de nos trazer os primeiros números.

Publicidade

De acordo com os testes, o novo mecanismo de renderização Nitro (para JavaScripts) é 42 vezes mais rápido que o Internet Explorer 7 e 3,5 vezes mais rápido que o Firefox 3. Ele também deixa para trás o Internet Explorer 8, o Opera 9.6, o Google Chrome (!) e até mesmo o Minefield, versão experimental do browser da Mozilla.

Bench do Safari 4 Public Beta

A suíte SunSpider foi rodada em todos os navegadores para determinar qual é o mais rápido. O Safari 4 bate todos os concorrentes em termos de velocidade, tanto no Mac OS X 10.5.6 quanto no Windows XP SP2 — comprovando o que diz a página do produto: o Safari é “o browser mais rápido do mundo”.

Publicidade

O gráfico acima foi gerado a partir de testes num PC com processador Intel Core 2 Duo de 2,1GHz. Confira a lista de tempos exatos:

  1. Safari 4 (Tempo total: 910ms)
  2. Mozilla Minefield 3.2a1 (1,136ms)
  3. Google Chrome (1,177ms)
  4. Firefox 3 (3,250ms)
  5. Opera 9.6 (4,076ms)
  6. Internet Explorer 8 (5,839ms)
  7. Internet Explorer 7 (39,026ms)

Já no Mac OS X, o Safari foi 4 vezes mais rápido que o Firefox 3 e 7,5 vezes mais rápido que o Opera 9.6:

Publicidade

Bench do Safari 4 Public Beta

Os resultados, num Mac com processador Intel Core 2 Duo de 2GHz, foram:

  1. Safari 4 (Tempo total: 967ms)
  2. Minefield 3.2a1 (969ms)
  3. Firefox 3 (3803ms)
  4. Opera 9.6 (7322ms)

Safari 4 Public Beta perde para o Chrome? Uso excessivo de CPU?

Não posso deixar de linkar aqui para os resultados do pessoal do Download Squad, que mostram o contrário e colocam o Safari 4 Public Beta bem próximo do Google Chrome, porém ainda em segundo lugar. Como explicar essa discrepância de benchmarks dos mesmos testes? Não sei dizer.

Publicidade

Um aspecto que a Apple provavelmente terá de trabalhar para a versão final do novo Safari é uso excessivo de CPU na execução de animações e transformações do CSS 3. Segundo um post do 9 to 5 Mac, testes mostraram que o uso de processamento pula para 70-90% num MacBook unibody de 2GHz, mas somente quando elas estão rodando.

Nitro no iPhone

Um ponto final interessante citado pelo IntoMobile é a relação do Safari 4 Public Beta com o Mobile Safari dos iPhones e iPods touch, principalmente no que diz respeito ao seu novo engine Nitro. Levando em consideração que o browser dos gadgets explora a mesma base WebKit, é de se esperar que um futuro update de firmware leve os ganhos em performance também para a versão móvel do navegador.

iPhone 3G deitado, de lado

Quando foi lançado, o iPhone OS 2.0 trouxe muitas melhorias na execução de JavaScripts, porém o Mobile Safari ainda deixa muito a desejar em diversos aspectos do uso de programas baseados na linguagem. Torçamos para anúncios deste tipo, em breve. 🙂

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…