CNET confirma que a Apple demitiu empregados na semana passada

Há exatamente uma semana, o blog Valleywag levantou um rumor caracterizado por este que vos escreve como “improvável”, devido ao histórico recente de erros da publicação: a Apple anunciaria a qualquer momento demissões _em massa_ de empregados. No dia seguinte, o mesmo site “confirmou” 50 dispensas, em sua maioria do departamento de vendas corporativas da Maçã. Poucas horas depois, o porta-voz Steve Dowling veio a público e negou todos os boatos, pondo fim às discussões.

Publicidade

Maçã sendo cortada

Até agora. De acordo com a CNET (desta vez estamos de falando de alguém com fontes crédulas), a Apple de fato demitiu 50 pessoas da sua força de vendas empresariais na semana passada. Em outras palavras, até que a firma de Cupertino prove o contrário, seu porta-voz mentiu para o Silicon Alley Insider, que foi atrás da informação e obteve a negação de veracidade do ocorrido.

O número de dispensas, claro, é pequeno, porém não deixa de ser significativo. Caso a Apple decidisse demitir um número maior de pessoas, uma lei norte-americana a obrigaria a notificar todos os envolvidos com antecedência — o que tornaria o caso público e muito mais preocupante. Ainda assim, os que perderam seus empregos na semana passada estavam divididos entre Cupertino e Austin (no Texas), o que reduz ainda mais o número de demissões numa única localidade — que é como a lei faz a sua contagem.

Publicidade

Enquanto diversas empresas do próprio Vale do Silício já anunciaram demissões em massa de milhares de empregados, é estranho esse comportamento da Apple. No mínimo, ela teria a vantagem de dizer que o número de dispensas dela foi muito menor do que todas as suas concorrentes — afinal de contas, ninguém está totalmente imune à crise econômica mundial que estamos enfrentando. Resultado: este é o quarto artigo que eu escrevo sobre o assunto; se houvesse uma confirmação oficial, eu teria escrito apenas um e a esta altura do campeonato ninguém mais lembraria do ocorrido. Bela estratégia, Apple.

Quanto contatado nesta segunda-feira, Dowling não teceu comentários sobre o assunto.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…