Rumores preveem nova versão do Final Cut Studio para abril

Apesar de a Apple não participar mais da National Association of Broadcasters Show (aka NAB Show), rumores levantados durante esta semana sugerem que ela estaria preparando uma grande atualização para a sua família de aplicativos destinados a produção de vídeo. Algumas fontes afirmam que esse seria um dos temas para o suposto evento de 24 de março, apesar de ser pouco provável que ela organize outro encontro logo após a apresentação do iPhone OS 3.0, no dia 17.

Final Cut Studio 2

Seria conveniente para a Apple atualizar a suíte neste ano, já que o aplicativo mais antigo dela (Final Cut Pro) completará 10 anos desde o seu lançamento na NAB 1999, como um produto com a marca da Maçã. Antes disso, ele já foi um produto na Macromedia — hoje parte da Adobe –, que lançou software em 1995 graças a uma equipe vinda da Adobe após o lançamento da primeira versão do Premiere. O líder desse time era Randy Ubillos, que hoje trabalha na Apple como chefe de engenharia da área de vídeo.

Ubillos e sua equipe vêm trabalhando pesado na Apple nos últimos dois anos. Após fazer uma expedição no fundo de alguns oceanos em 2007, ele criou um projeto de aplicativo para edição de vídeo com objetivo de ser muito mais fácil de usar que o iMovie ’06 e o Final Cut Pro 6, já que ele não conseguia criar um filme interessante de forma rápida usando essas duas soluções. O resultado disso foi o iMovie ’08, que foi lançado como um produto oficial em agosto daquele ano, como parte do iLife ’08.

Recentemente, vimos o iMovie chegar à versão ’09. Desconsiderando o fato de ser um aplicativo de edição de vídeo destinado a usuários domésticos, ele traz alguns recursos que poderiam ser adequados para uso profissional. Obviamente, não me refiro ao aplicativo como um todo, já que ele também traz um pouco do poder de edição e dos temas que existiam na versão ’06, mas algumas das novidades poderiam ser aproveitadas pelo Final Cut Pro.

Além do Final Cut Pro, a Apple também está preparando um substituto para o Shake, já que sua última atualização foi lançada em 2006. O aplicativo permite a criação de composições de vídeo com alto nível de flexibilidade e, apesar de ainda ser anunciado pela Apple em seu site, deixou de receber atualizações desde o seu último lançamento. Rumores indicam que a próxima geração do Shake tem o codinome “Phenomenon” e conta com uma base concebida com o código do Motion. Em conjunto com o Shake, o Final Cut Server, lançado há cerca de um ano, também está previsto para ser atualizado.

Apesar de o começo de 2009 ter sido lento para alguns, existem profissionais do campo audiovisual que acreditam na possibilidade de a Apple voltar seus olhos com força para esse mercado. Hardware para isso ela já tem, agora só falta completar a sua linha com atualizações nos aplicativos destinados para esse setor. Além do Final Cut Studio, especula-se que o Logic Studio chegue à versão 2 ainda este ano, além de um Aperture com suporte a processadores de 64 bits.

[Dica do Junior Santos, obrigado!]

Posts relacionados

Comentários