iTunes Store estreia modelo de preços variados

Conforme anunciado na Macworld Expo de janeiro e adiado no final de março, a iTunes Store estreou hoje seu modelo de preços variados por músicas, que agora contam com uma opção mais barata (US$0,69) e uma mais cara (US$1,29), além dos US$0,99 tradicionais.

iTunes Plus e preços variados

Curiosamente, independente da promoção lançada ontem pela Amazon do Reino Unido, as faixas que agora saem 30 centavos de dólar mais caro na loja da Apple continuam custando o mesmo na concorrente: US$0,99. Será que tal flexibilização, atendendo a pedidos incansáveis das gravadoras musicais (principalmente Warner Music Group, EMI Music Group, Sony e Universal Music Group, da Vivendi), não afetará negativamente o ecossistema macieiro?

Abaixo você confere as 10 canções mais populares da iTunes Store. Observe que sete (!) subiram de preço, mas nenhuma abaixou (justamente por serem sucessos atuais):

TOP10 da iTunes Store

É bom lembrar que, por outro lado, todas as músicas da loja são agora “iTunes Plus”, o que significa que estão livres de DRM e codificadas em AAC de 256Kbps.

Em nota relacionada, parece que a lista de países suportados pela iTunes aumentou bastante, como você pode ver pela screenshot abaixo. Não dá pra dizer quais já têm lojas completas com músicas, vídeos e filmes ou, como o Brasil, que só possuem App Stores, mas ainda assim o crescimento foi significante:

Países na iTunes Store

E aí, Apple Brasil, alguma novidade pra gente? 🙂 A esperança ainda vive…

Posts relacionados

Comentários