Projetos internos da Mozilla compreendem um Firefox sem abas e expansão do Ubiquity via Taskfox

O Firefox 3.5 pode estar atrasado e a guerra dos browsers cada vez mais acirrada, mas os projetistas da Mozilla não dormem no ponto. Um dos focos de estudo dos caras tem direta relação com o uso das abas, uma revolução entre navegadores iniciada pelo Opera.

Boa parte da discussão é centrada, primeiramente, em como novas abas devem se comportar: será que elas devem mostrar uma tela em branco? Updates de RSS? Uma lista de páginas visitadas frequentemente? São todas possibilidades bem bacanas, é claro, mas um desenvolvedor soltou uma ideia inovadora: e se o Firefox deixar de usar abas?

Oliver Reichenstein reconhece que, desde que surgiram, as abas facilitaram muito a vida de quem trabalha com internet. Mas isso era da época em que as pessoas só trabalhavam com uma ou outra página aberta ao mesmo tempo. Agora, é normal uma pessoa ter dezenas de abas abertas simultaneamente, o que dificulta bastante o trabalho de achar o que você está procurando.

O curioso é que o mockup criado por Oliver para exemplificar a funcionalidade de uma futura versão do Firefox se parece muito com o iTunes:

Firefox sem abas

Ao invés de abas e favoritos (bookmarks), sites poderiam ser classificados para facilitar a sua organização e busca de páginas por categoria. Cada vez que você clicasse num link, ele o levaria à última página visitada no site.

O projeto certamente ainda é embrionário e tem muito a se aprofundar, mas mostra que as coisas estão quentes lá na Mozilla. Outro que não para de ter boas ideias é Aza Raskin, criador do Ubiquity. Num vídeo de um protótipo do Taskfox, ele demonstra o projeto funcionando na prática no Firefox e explorando ao máximo a famosa AwesomeBar, veja só:

[vimeo]http://vimeo.com/4062903[/vimeo]

Os recursos me lembraram muito a extensão CyberSearch, que, por sinal, é indispensável no meu dia-a-dia. Será ótimo, com certeza, ter as funcionalidades que ela me proporciona (e outras, até) rodando nativamente numa futura versão da raposa.

A expectativa é que o Taskfox seja implementado já no Firefox 3.6.

Posts relacionados

Comentários