Apple e Verizon estariam trabalhando não em um, mas em dois novos dispositivos

Conforme ficou em aberto, Apple e Verizon estariam mesmo em negociações secretas, de acordo com a BusinessWeek. Porém as empresas não estão discutindo o iPhone atual, mas sim a possibilidade de a operadora distribuir _dois_ novos produtos da Maçã atualmente em desenvolvimento.

Um deles seria o tão falado e esperado iPhone “Lite” (menor e mais fino que o atual, usando um chip mais barato), enquanto o segundo seria algo como uma tablet touchscreen. Vindo de uma publicação como esta, que inclusive garante que Lowell McAdam — CEO da Verizon Wireless — tem conversado com Steve Jobs nos últimos seis meses, a probabilidade de a coisa ser quente aumenta muito.

[quicktime width=”300″ height=”240″]http://macmagazine.com.br/wp-content/files/2009-04-28-businessweek.mov[/quicktime]

Falando na tal tablet especificamente, ela teria sido chamada de um “Media Pad maior” (à la iPod touch HD), permitindo que usuários ouçam músicas, vejam fotos e assistam a vídeos em alta definição, além de oferecer ligações via Wi-Fi. Uma pessoa que teria visto o produto afirmou que ele é menor que o Kindle, porém com uma tela maior (a do leitor de eBooks da Amazon.com tem uma de 7 polegadas, diga-se) e balançará a indústria. “Estamos falando de um dispositivo que as pessoas dirão ‘Caramba, por que nós não fizemos isso?’ A Apple provavelmente revolucionará o segmento.”

O interessante é que os produtos seriam diferentes do iPhone que a AT&T vende, o que evitaria conflitos/interferência no acordo de exclusividade em vigor com a Apple. A grande questão são desacordos financeiros que ainda estariam sendo discutidos, dando chance de a parceria não se concretizar para um ou ambos os aparelhos.

Apple e Verizon ainda estariam debatendo sobre quanto a operadora deve subsidiar o preço de cada produto e como se dará o compartilhamento de receitas de serviços mensais com a firma de Cupertino. Outra questão citada como empecilho é a distribuição de apps pela sua rede sem fio, algo que Steve Jobs certamente também gostaria de garantir como exclusiva numa união com a Verizon Wireless (que possui uma loja própria).

Tomara que, como comentei mais cedo, isso tudo seja mesmo sério, e não apenas uma forma de cutucar a AT&T e fazê-la abrir as pernas para a Apple. Se depender das fontes da BusinessWeek, um dos dois aparelhos será lançado já até o meio deste ano.

Posts relacionados

Comentários