Cartier processa Apple por violação de marca em app para iPhones/iPods touch

A famosíssima fabricante de jóias e relógios francesa Cartier entrou nesta sexta-feira com um processo contra a Apple por infração de marca, de acordo com a Associated Press.

Fake Watch, da Digitopolis

O motivo? O app Fake Watch (que possuía uma versão paga chamada Fake Watch Gold Edition; ambos estavam disponíveis para compra/download na loja da Maçã) mostrava a hora no iPhone/iPod touch usando marcas Cartier sem autorização legal. A Apple seria a responsável por permitir a entrada dos mesmos na App Store.

A desenvolvedora dos títulos é a Digitopolis Game Studios, que já teve ambos retirados da loja. Por isso, o WSJ.com acredita que a Cartier não deva dar prosseguimento ao processo contra a firma de Cupertino. Pra esses caras, não dá pra perder tempo! 😛

Posts relacionados

Comentários