Capa da última edição da “New Yorker” foi toda pintada num iPhone

E o iPhone chegou mais uma vez à capa de uma revista, porém não da forma que você está pensando. Com a ajuda do Brushes (US$5, link para a App Store), aplicativo comentado por nós no comecinho deste ano, o artista Jorge Colombo pintou a última capa da New Yorker do começo ao fim num smartphone da Apple.

Finja que eu não te falei isso e olhe para a capa abaixo. Dá pra dizer que isso é arte digital, e foi toda “pintada” com o dedo indicador numa touchscreen? Eu mesmo respondo: não, não dá. 😉

Capa da New Yorker feita com iPhone

“Me facilitou poder rascunhar sem ter que levar todas as minhas canetas e pincéis e blocos de anotações comigo, e eu gosto do fato de que desenhei com um conjunto de ferramentas que qualquer um pode ter facilmente dentro do bolso”, comenta Jorge, que ficou sentado por uma hora na 42nd Street de NYC — mais precisamente em frente ao Museu de Cera Madame Tussaud, em Times Square — e criou a capa do começo a fim, sem interrupções.

Confira abaixo um vídeo acelerado do processo:

Aos curiosos de plantão, o vídeo acima foi criado com o Brushes Viewer, um aplicativo para desktop criado pelo próprio Steve Sprang, do Brushes. Bela forma de divulgação do seu trabalho, esta. 🙂

[Via: NYTimes.com.]

Posts relacionados

Comentários