Final Cut Studio 3 e novo Final Cut Server estão quase prontos para lançamento

Com a ajuda de profissionais do campo audiovisual, a Apple já iniciou testes nas novas versões do Final Cut Studio e do Final Cut Server, das quais já temos rumores circulando há algum tempo. A próxima grande atualização na suíte de edição profissional de vídeo da Maçã deverá trazer versões completamente novas do Final Cut Pro e do Motion, em conjunto com updates caprichados para o Soundtrack, DVD Studio Pro, Color e Compressor.

Publicidade

Final Cut Studio

Rumores alegam que a nova versão do pacote, cujo codinome é “Sideways”, ainda está em estágio beta, passando por testes de compatibilidade com o Mac OS X 10.6 Snow Leopard. Tirando vantagem dos avanços tecnológicos do novo sistema da Apple, é esperado que o FCP seja capaz de realizar edição full HD (1080p H.264) sem renderização em Macs Pro. Especula-se ainda que o build mais recente do lançamento seja o 30A1xx, pesando 3GB em disco.

Já o FCS não deverá representar uma oferta totalmente nova da Apple para o mercado audiovisual. As especulações apenas dão conta de um número significativo de aprimoramentos para o aplicativo em seu estágio atual, provavelmente para deixá-lo mais robusto e ao mesmo tempo compatível com o Snow Leopard, tanto que a novidade não deverá ser nem categorizada como versão 2.0. Também em fase de testes para lançamento, “Dingo” (codinome interno do novo software) deverá chegar ao mercado junto do FCS 3.

Apesar de estar à parte desses rumores, há muito tempo se fala em um substituto para o Shake, já que sua última atualização foi lançada em 2006. O aplicativo permite a criação de composições de vídeo com alto nível de flexibilidade e é um grande complemento ao FCS; contudo, mesmo sendo anunciado pela Apple em seu site, ele deixou de receber atualizações há três anos. Rumores indicam que sua próxima geração possui o codinome “Phenomenon”, contando com a mesma base que deu vida ao Motion.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…